Zoo Luján de Buenos Aires: a pior coisa para se fazer na vida


Eu geralmente sou muito tolerante e faço a política "boa praça" na maioria dos meus textos, mas dessa vez, assim como escrevi sobre as touradas, não vou pensar direito nas palavras que vou usar para escrever sobre essa história bizarra de visitar o zoológico ferrado de Buenos Aires. Dessa vez, o post vem com uma co-autoria básica da minha amiga Ed que esteve lá em janeiro desse ano e tem muito mais propriedade para expor a situação e contribuir na reflexão sobre os limites do turismo.

Como em toda prática, o turismo também possui o "texto básico" dos seus roteiros. As pessoas tem a mania de "fazer o que todo mundo faz", "comer o que todo mundo come", "esfregar a mão na estátua que todo mundo esfrega", até aí tudo bem. Isso faz parte das expectativas de viagem (e imaginário do viajante), todo mundo quer mais ou menos a mesma coisa, todo mundo espera o mesmo, nem mais, nem menos. Mas certas coisas não podem passar desapercebidas aos nossos olhos, muito menos em viagens, muito menos em terras alheias. 

Buenos Aires é uma cidade que tem trocentas atrações turísticas que podem ser feitas em muitos três dias, e certo dia um infeliz desocupado, que programou ficar mais dias do que deveria, descobriu um zoológico administrado por um outro mais infeliz ainda, e decidiu (eu não duvido) divulgar isso nas suas redes sociais. Pronto. Virou "o programa mais imperdível de Buenos Aires dos últimos tempos". Completamente cegos, uma cambada de turistas alienados repete o programa em busca de uma experiência mágica com animais selvagens-domesticados.

O zoológico de Luján está localizado na província de Buenos Aires e iniciou suas atividades em 1994, com os objetivos de proporcionar a recreação, promover a sensibilização para a preservação da natureza e auxiliar na pesquisa e conservação de espécies. O diferencial do zoo consiste no fato de os visitantes terem a oportunidade de um contato mais próximo com os animais, podendo entrar nos recintos e tirar fotos com eles. Essa possibilidade encanta os turistas e tem feito do local uma “visita obrigatória”.



A bizarrice do programa já começa indo para o tal "zoológico" que na verdade é uma fazenda abandonada que aposto que comprou os animais de algum circo clandestino. É distante da cidade, mal cuidado e a diversão passou bem longe de lá. Logo na chegada, a imagem de “refúgio da natureza” é completamente desconstruída, já que o lugar pode ser descrito, sem exagero, como um ferro velho cheio de jaulas de animais. A área do zoológico de Luján é cheia de carros antigos em péssimo estado de conservação, que dão um tom de sucata à redondeza. Além disso, a infraestrutura para os visitantes é lastimável: os banheiros são ruins, a área de alimentação é suja, só há uma opção de lanchonete e nos dias de chuva o zoo vira um lamaçal sem tamanho.

Se o visitante sofre com o desconforto, para os animais as condições de abrigo e tratamento são deploráveis. O local destinado para os animais é completamente inapropriado, sendo incorreto, inclusive, classificar como recintos as jaulas nas quais eles sobrevivem. As jaulas são muito pequenas, especialmente para os felinos, e observa-se a ausência de qualquer vestígio de atividades que gerem estímulos físicos ou mentais. Os animais, coitados, são tão dopados quanto os zumbis do The Walking Dead (e Breaking Bad) - juntos.

Aliás, as “visitas” às jaulas consistem em: ficar numa fila durante muito tempo, debaixo de chuva ou sol e sem lugar para sentar, e depois ser empurrado para dentro da jaula por funcionários descorteses e apressados em tirar as fotos (para não atrapalhar a fila), que são vendidas ao fim do "passeio".


Assim, fica claro que a missão do zoológico de Luján passa longe de objetivos conservacionistas ou de proteção ao meio ambiente. Ao contrário, o objetivo do lugar é o retorno financeiro, o qual é conseguido principalmente por meio de acordos com operadoras de turismo e com a venda de fotos. Após um dia inteiro dedicado a um passeio deprimente é impossível não pensar sobre os limites do turismo. Certas coisas como a exploração de animais magros, mal tratados e apáticos não pode ser atração, bem como a pobreza das favelas ou a exploração sexual de jovens sem perspectiva de um futuro digno. 

O típico programa mais sem noção da face da terra, coisa que você poderia ter poupado o universo de fazer. Qual o sentido de sair da sua cidade e ir financiar os maus tratos de animais lá do outro lado da fronteira? Quando vejo fotos de colegas se gabando do "feito" sinto vergonha alheia (e asco) da completa falta de noção mínima. 

O que dizer de um lugar que mantém focas numa "piscina"?

Mesmo de férias é importante entender o sentido da sua presença e o que ela afeta na realidade do destino. É preciso ter critério e evitar atitudes tão ignorantes. A viagem acaba sendo uma via de duas mãos, há uma troca e aprendizado mútuo entre o visitante e o visitado, e todas as decisões tomadas impactam na vida de um terceiro (até nos de quatro patas). 

Ao invés de ir visitar "animais zumbis", vá encher a pança de sorvete Freddo de dulce de leche, se empanturrar de empanadas argentinas ou ter uma conversa amistosa com os chatinhos dos argentinos. E se o bicho pegar mesmo, atravesse o Rio de La Plata e se jogue no Uruguai. Se quiser interação com animais, vá fazer um safári na África do Sul ou procure algum dos parques da Flórida (que, veja bem, aparentam fazer um trabalho sério com animais). 

É necessário que o turismo seja responsável e que os viajantes não sejam tratados e não se deixem tratar como pessoas idiotas que fazem tudo por uma boa foto para o facebook. E aproveitando que o assunto está no facebook, de repente vale a pena dar uma olhada no grupo: "Digamos NO al zoo de Luján".

Comentários

  1. Concordo plenamente. Fui ao zoológico em Dezembro de 2013 e confesso que cheguei a chorar de tão chocada que fiquei. Os animais são muito mal tratados, e essa conversa de que não são dopados é uma mentira descarada. Não vou mentir, tirei foto com alguns animais, mas não tive nem coragem de postar. Imagine o tipo de vida que eles tem lá, todos os dias da semana, tantas horas por dia servindo de atração para pessoas que nem se quer percebem seu sofrimento. Os filhotes então, passados de um colo para o outro o tempo todo, mais de cinquenta pessoas na fila =/ . Não recomendo! Na verdade esse zoológico devia ser fechado o quanto antes pois os animais ali são tratados como objetos sem vida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Devemos dopar esses animais racionais que estão comandando essa merda.

      Excluir
    2. E se antes de falar bobadas, pesquisa um poco o que faz esta "merda"...? Vc sabe que no mundo só ficam 106 leões asiáticos..? Nao, imagino que nim sabe que nao só na África há leões... Então, porque não param de falar burradas, néh..? A Reserva do Zoo Lujan é a maior de América e é parabenizada pelas ONGs do mundo pela preservação das especies em perigo de extinção..!! E vcs, críticos de blogs, podem indicar que isso é ruim...? "Se não podem construir, não destruíam..." falava um grande homem de nossa pátria, D. F. Sarmiento (entre outras coisas, criador da lei de proteção animal..!!).
      Então, se não tem como enviar 20 casais por ano para as reservas do África, por favor, deixe fazer aos que sabem..!!

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    4. Lucille Aires concordo plenamente. Já trabalhei na área e entendo o stress que esses animais podem passar ao serem expostos dessa forma. A ideia no início é muito atrativa, principalmente para os leigos. Tinha muita vontade de conhecer, mas logo pensei como seria possível esse tipo de contato com esses animais selvagens sem prejudica-los? Não seria possível.

      Excluir
    5. nao concordo com esse texto nenhum um pouco fui e vi de perto como eles sao criados e nao tem como um bebe leao ser dopado...s ter rugidos e ser mais agressivos que os pais.. pois eles sao criados com cachorros gatos patos, no qual os fazem ficarem calmos...

      Excluir
    6. Pois bem, não creio que o autor deste texto tenha realmente visitado o local, muita coisa não procede. Sim, alguns pontos referentes às jaulas poderiam ser repensados e modificados, mas dizer que estão magros é absolutamente leviano. Estive lá ainda esta semana e o cenário encontrado foi outro. Sobre o relato de carros em más condições pelo local, mostra mais ainda a falta de conhecimento. Aquilo é uma maravilhosa coleção de veículos antigos, creio que centenas deles, dos mais diversos tipos, isso prejudica alguém? Sobre o conforto propiciado pelo local é questão de opinião, quem quer mais conforto vá para outro local, fique em casa ou fique em São Paulo que é perfeito não é? Sou sim a favor de qualquer tipo de melhora nas condições dos animais, mas não devemos ser levianos e falar sobre locais e fatos que não se viu de perto! O perigo de generalizarmos situações e não dimensionar as palavras é que podemos estragar um texto que poderia ser útil.

      Excluir
    7. LA-MEN-TÁ-VEL ESSE POST! CARA, que absurdo esse texto! 99,9% do que está escrito é besteira! Eu fui no dia 16 de Janeiro de 2014. Nenhum animal é dopado, tanto que eles se orgulham das técnicas comportamentais aplicadas. São criados com cachorros e pessoas. São ativos, não possuem pupila dilatada e pra sua exposição são revezados afim de evitar o estresse.
      COM CERTEZA o autor do post nunca foi lá. E não entendo a base que ele usou, talvez a dessa amiga (vai saber se é daquelas vegetarianas, defensoras de animais e sei lá mais o que). Enfim, esse post é o pior comentário turístico que já li na minha vida. O meu passeio pelo Zoo Luján foi a melhor atração na minha ida a Buenos Aires, e até agora a melhor do ano.

      Excluir
    8. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    9. Legal a visão dela do zoo e de outras coisas da argentina. Ainda bem que o doce de leite e a carne utilizada nas empanadas são fabricadas artificialmente sem ferir/matar nenhuma animal. Esse moralismo é irritante.

      Excluir
    10. Não consigo ver onde este animal está dopado: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=501417783210254&set=a.499135106771855.118706.100000261110744&type=3&theater

      Este é meu noivo e eu tirei a foto dele sendo mordido pela leoa.

      Excluir
    11. Este vídeo mostra em detalhes como é feita a socialização destes animais que nascem lá: http://migre.me/ijfrU
      O trabalho do Zoo é lindo, os animais são muito bem tratados, bem alimentados, em jaulas limpas e espaçosas.

      Tem muitos absurdos nesse texto sensacionalista; Esses 'carros antigos em péssimo estado' são carros antigos da coleção do proprietário e fazem parte de uma exposição ao ar livre!

      Outra coisa: tem animais provenientes de circo sim, mas eles são RESGATADOS dos maus tratos que sofriam no circo, para viverem em paz e receberem cuidados e bom tratamento neste local!

      Além disso, na natureza esses animais estão correndo riscos de extinção.. e lugares como esse são muito importante para a preservação dessas espécies.
      A única coisa que eu concordo é que, se o Zoo começar a ficar muito popular, as visitas diárias deveriam ser limitadas. Quando eu fui em 2012, estava tudo muito calmo e tranquilo.

      Excluir
    12. Não tenho palavras para expressar a minha revolta e indignação em relação a esse post. Realmente, não concebo a ideia de que uma pessoa possa escrever um texto que falte tanto com a verdade, eufemismo para não dizer mentiroso, e o pior de tudo: sem sequer conhecer o lugar. Estive em Lujan na segunda quinzena de julho de 2013 e posso assegurar-lhes que o cenário é totalmente diferente. Animais bem tratados e cuidados, alimentados e respeitados. Não posso ser hipócrita ao ponto de não concordar que tais animais deveriam estar livres e no seu habitat natural, no entanto não posso ser tão cega e injusta ao ponto de afirmar que são maltratados ou que estão magros. Muito menos afirmarei que não se trata de uma experiência única... Acredito que esse post deve ter sido criado com um único objetivo: prejudicar e difamar um local que dia a dia vem recebendo mais e mais visitantes de diferentes lugares e países. Prezado autor, gostaria de dar-lhe um humilde conselho: antes de criticar, conheça e verifique se realmente é aquilo que as pessoas dizem... Inclusive, se quiser, posso enviar-lhe algumas fotos que comprovarão que o senhor está redondamente enganado!

      Excluir
    13. hola... me senti clasificado dentro do texto ya que fui el primeiro brasileiro a ir trabalhar no zoo en 2005... ai estou a 9 anos y amo meu trabalho... me sinto feliz en ver os brasileiros feliz la no zoo realizando un sonho de vida... a dita cuaja que escreveu este texto seguramente é uma mal amada y infeliz... eu nao tenho direito de dizer que os parques diversoes de florida explora seus empregados y que fazen lavagen de dinheiro... eu nao posso dizer para as pessoa nao iren ao seaword porque as baleias estao extressadas... coloque na balança as pessoas que gostan do zoo y as que nao gostan... esta pessoa sabe o que é o ZOOTERAPIA... CON QUIEN TRABALHAMOS NO ZOOTERAPIA.... a fauna entidade lokal visita sempre o zoo,. biologos y veterinarios de todo o mundo visitan o zoo... si eles nao falaran nada ¿quen esta dita cuja para opinar desta forma?... desculpem as palavras mas me deixa triste comentarios infeliz como estes... esta pessoa nao deve nen ter gato en casa... debe ser cojida por el perro... SALUDOS A TODOS QUE ME CONOCERAN EN EL ZOO... AI ESTOU TODOS OS DIAS Y SI ALGUEN TEN AGUMA DUVIDA PODE ME BUSCAR...

      Excluir
    14. Texto grosseiro, começa como racinal depois descamba, o autor claramente acha que em 3 dias voce conhece uma cidade?
      fala sério!
      isso mesmo, se vc que se identificou com esse texto xiita, nem vá para Argentina, ou melhor fica ai no Brasil, que pelo jeito deve ser muito, ou melhor nem sai de casa.
      viajar é ter experiencias diferentes, diferente não é ruim.

      Excluir
    15. Polyana Keltly Souza, coloca a privacidade da foto como pública, ninguém consegue ver do jeito que está

      Excluir
    16. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    17. Zoológico estapafúrdio sim!!!! E digo mais, a galerinha por aqui está precisando ir para a escola de ambulância!!!!

      Excluir
    18. Bom, acho que a pessoa que escreveu esse texto generalizou as coisas. Eu fui lá esses dias e nem por isso sou uma desocupada ou coisa do tipo. Havia lido muito a respeito sobre o zoológico e já não tinha uma opinião muito boa sobre ele! Mas fui para tirar minhas conclusões com meus próprios olhos! Afinal como julgar algo que não conheço? Ninguém sabe ao certo o que ocorre com os animais lá, mas o que observei é que eles são criados desde filhotes com cachorros, podemos ver cachorros em todas as jaulas, e ai crescem com comportamento semelhante, facilitando a interação com o ser humano! É certo que as condições de vida deles lá não são as melhores,vi alguns leões bem magros e dormiam muito, talvez sejam dopado, mas não li nada concreto a respeito! Os funcionários do zoo são atenciosos e muito carinhosos com os animais e o lugar ta longe de ser um lixo, como a pessoa acima citou sem ao menos pisar lá! Tenho mil fotos de lá, que eu mesma tirei, qm de fato se interessar pode falar comigo que passo! Bom eu defendo os animais e quero saber mais sobre o zoológico, mas passa longe de mim tornar público como ato uma mera opinião fundada em opiniões alheias, que foi o que li acima!

      Excluir
    19. Olá, Aline.

      Parabéns pelo post. Muito corajoso, inteligente e ético. Infelizmente fere a vaidade e até o ganha pão de alguns, né.

      Também vejo zoológico, e em especial esse, como uma ABERRAÇÃO, um freak show! Animais procriados artificialmente para viverem uma vida de exposição, exploração e privação, mantidos isolados do ecossistema, sem nunca saber o que é viver em seu habitat natural e para suas próprias razões. Aliás, nunca sentirão nem o cheiro do que é poder caçar a própria comida, ou o que é uma savana. TRISTE. LAMENTÁVEL. VERGONHOSO.

      Me pergunto: Como essas pessoas conseguem se divertir com o sofrimento alheio. Ou são tão alienadas e apáticas que não percebem que são animais sem alma, que tiveram sua NATUREZA ROUBADA. "Animais zumbis" como vc escreveu brilhantemente.

      Outra dúvida que tenho é: SEMPRE há filhotes nas fotos de quem vai, independente da época. Sempre há filhotes longe da mãe e colocado a disposição dos "TURISTAS ZUMBIS" para ficarem o pegando e tirando fotos. Para onde vão tantos animais procriados??? Vendidos para circos e outros zoos igualmente deploráveis?

      Isso é ESCRAVIDÃO, e me lembra muito os antigos ZOOLÓGICOS HUMANOS (joguem no google p/ ver como era isso, e q tinham os mesmos objetivos).

      Mas faço uma observação importante. Os parques da Flórida também são terríveis. São mais ricos, mais famosos, e com um marketing melhor, mas por trás disso tudo, também são PODRES. Onde há exploração, não há respeito. Assista o filme BLACK FISH para ver o que os animais de lá passam.

      No mais, parabéns novamente. As pessoas precisam acordar. E esse tipo de atividade DEGRADANTE precisa ser ABOLIDA!

      Excluir
  2. Lucille é muito triste mesmo e eu me pergunto se ninguém faz nada à respeito disso para fechar esse circo de horrores. O importante é a gente perceber que o simples fato de nos recusarmos a pagar por isso (mesmo que fosse de graça) já é um grande passo.

    Obrigada pelo comentário.

    Aline

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aline: eu não consigo compreender qual é o "circo de horrores". Vc diz que é horrível que a Maior Reserva Felina de América, que reproduze animais para manter o equilibro de alguma especies, tem que cerrar..? Vc gostaria contar a seus filhos que "uma vez existiram leões asiáticos, porém já nao há mais, porque fecho a Reserva que reproduzia com sucesso essa especie ..."
      O vc acha que o Ministério de Assuntos Agrarios da Pcia De Bs. As., e que va cada 20 ou 25 dias, é "ninguém" ? Sao todos idiotas os funcionarios do Governo...? Vc sabe mais que eles...? Nao compreendo...!!!
      E alem disso, amiga, este Zoo está aqui desde faz muito tempo. Muito antes que os brasileiros das classes meias, tiveram a oportunidade de sair a conhecer o mundo. Nao se precisa que vc pague, esto funciona igual, e sem ajuda do Governo, nim de ninguém, sabe..? Os argentinos visitamos este local, porque é maravilhoso e único no mundo...!! Ou só porque esta na Argentina vcs tem direito a criticar...? Isso é muito feio, viu..? Nao quer também criticar ao Papa...? Ele também é um dos "chatinhos argentinos" que diz quem escreve este blog...
      Então, espero ter conseguido acabar com a sua ignorância: aqui a lei é forte. E há sectores do Governo que fiscalizam. Em quanto eles não acham nada ruim, e apoiam o trabalho deste Zoo, vc tem que ficar tranquila. E não falar nada em contra, como se vc fora uma experta. Isso, como vc diz, "já é um grande passo".

      Excluir
    2. Cara, tá na "moda" falar mal desse zoo, mas pq essa galera não se junta e faz algo ?? eu amei o zoo,foi uma experiência muito boa, mais do que simples fotos e não vi isso tudo que foi mostrado nesse texto nao.. "Se quiser interação com animais, procure algum dos parques da Flórida (que, veja bem, aparentam fazer um trabalho sério com animais)."" no zoo lojan nao pode, mas na Florida zoo é legal?APARENTAM fazer algo sério , gente, pelo amor de Deus, sera que hoje em dia teria um zoo 20 ANOS dopando bichos/??? pode ter muita coisa errada como em QUALQUER zoo de qualquer país... nao to defendendo ,até pq nao estamos lá 24h por dia. EU vi pessoas apaixonadas pelos bichos, demostrando carinho, mas se vcs averiguaram isso a fundo?? passem dias lá!! VC TEM COMO ACAMPAR NO ZOO, passar dias! fiquem lá!! levem um veterinário, levem equipes de vc , quem quer mudança FAZ alguma coisa, juro que se tivesse visto algo assim correria atrás de meios para MUDAR. nada do que falarmos aqui vai mudar, quem gostou, ou quem nao gostou, xingar nao vai mudar nada, acho que TODOS nós, quem gostou ou não temos que fazer algo SÉRIO ,pq como eu disse, 20 anos funcionando e se é tudo isso mesmo, ninguém faz nada??

      Excluir
  3. Parabéns pelo alerta. Realmente, quem faz esse tipo de programa e é capaz de tirar fotos e de se vangloriar merece o título de idiota. Quem quizer ver os animais em seu ambiente natural que vá ao krugger Park na África do Sul. Vale a pena, pois o parque é do tamanho da Nuruega. Parabéns pelo texto Aline.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O autor do texto é quem deveria estar dopado, um idiota sem noção. A unica coisa verídica no texto dele é que o zoo nao oferece um restaurante e um banheiro 100%, agora me responda uma coisa ??? esse imbecil foi lá pra comer, cagar ou ver e interagir com os animais ??? Eu fui e recomendo a todos !!!

      Excluir
    2. idiota é quem acha bonito animal dopado! idiota é vc achar onda entrar numa jaula de leoes - num cruzeiro em Botswana ou na Africa do Sul vc poderia fazer isso? Anormal é lá ou em Lujan????
      Mas, pelo jeito, vc deveria estar la em exposiçao tb, inaugurando uma ala. A de paquidermes! Paquidermes dopados!!!!

      Excluir
    3. Os animais NÃO são dopados, gente! escrevi um texto gigante abaixo explicando tudo... Os animais são bem tratados, sim. NÃO HÁ NENHUM FERRO VELHO! Meus Deus, há muita ignorância e sensacionalismo nest post... O ZOO DE LUJAN CUIDA DOS ANIMAIS e preserva a fazenda em que eles vivem! É UMA EXCELENTE EXPERIÊNCIA DE VIDA IR LÁ!

      Excluir
    4. Realmente é da natureza selvagem de um leão deixar idiotas montarem etc...hauhauhau melhor acreditar em papai noel

      Excluir
    5. Não concordo com a opinião, porque conheci o ZOO DE LUJAN e não vi nada disso!!!! Em primeiro lugar o local é agreste para manter as características de um lugar mais selvagem. Será que seria melhor que fosse pavimentado e colocado piso vitrificado para os visitantes? Os animais são selvagens e BEM ATIVOS para falar a verdade, por isso é respeitado o tempo de cada animal, sua tolerância com o fluxo das pessoas visitantes. É bem rápido, mas com cortesia dos funcionários. ADOREI LUJAN e voltarei novamente agora em 2014!!!!!! Não deixem de visitar, porque é uma emoção sem igual!!!!

      Excluir
    6. Bom...o texto já é mal escrito pelo tom ofensivo e de julgamento que nele consta...além disso, é mais um texto como muito que vemos por aí: sem qualquer fonte, sem qualquer prova e sem qualquer referência. Eu estive em Buenos Aires em 2010 e na época Lujan já era famoso, ao menos na Argentina. Não fui por uma questão de tempo. Fui ano passado e a possibilidade pitoresca de entrar numa jaula com leões já me intrigava, fora os boatos de dopagem dos animais etc...pesquisei bastante antes ( o que me deu consicência pra ir visitar) e lá fiz diversas perguntas ao grupo de guias e dentro do próprio zoológico, desde que entrei na van . De fato aquilo não é um zoo, é uma fazenda que não tem "estrutura turísitca". Os animais que lá estão, foram abandonados no início dos anos 90, quando a lei argentina proibiu animais em circos. Descobriram um cidadão que abrigou os primeiros animais selvagens e o governo foi lá fiscalizar. A resposta do tal fazendeiro foi: olha, esses animais não podem voltar à vida selvagem e eu quero cuidar deles. O governo deu a autorização para que o fazendeiro pudesse manter os animais, desde que ele cuidasse deles e fizesse um trabalho educativo gratuito para os cidadãos argentinos...a parada virou quase um convênio: animais ilegais encontrados em circos clandestinos ou animais muito debilitados, eram entregues para essa fazenda...animais abandonados em outros países, o cara comprava pra poder cuidar....pois bem...essa é a história que eu conversei lá, pessoalmente e está no site do zoo de Lujan...sobre o fato de estarem dopados: a primeira coisa que a guia pergunta é "quem acha que os animais são dopados ?" ao passo que exceto eu e a Débora, todos levantaram a mão...e aí a guia novamente interpela: "vcs realmente estão indo ver conscientemente animais que estão dopados???? deveriam pensar nisso" .... Os animais não são dopados, basta olhar as pupilas deles...são todas saudáveis e não estão dilatadas...há todo um processo de rodízio da interação dos animais coom o público, para que não haja desgaste e estresse...é possível ver os animais mais agitados em outras jaulas, onde não há possibilidade de interação...o tratador, que conhece os animais desde bebê, sabe quando um está ou não agitado. A interação e domesticação dos primeiros animais, certamente foi demorada....mas o segredo para as outras gerações está na interação dede o nascimento com os cachorros, que "ensina" o animal selvagem a reconhecer um líder e obedecê-lo..ninguém me contou, eu vi o cachorro mordendo e chamando atenação do pequeno leãozinho...outra coisa...as taxas de fecundidade são surpreendentes e infinitamente superiores a quaisquer outros zoológicos, exatamente pelo tratamento diferenciado que eles possuem ...vocês acham que se tivesse droga e fossem tão mal tradados haveria tantos nascimentos ???? pesquisando em sites argentinos, não há qualquer prova de dopagem dos animais...pelo contrário, há constantes fiscalizações de órgãos do do governos e de proteção aos animais e nada foi provado. O próprio site se coloca a disposição de veterinários e especialistas. Bom, esse é meu depoimento, não há provas e estou contando o que eu vi, ouvi e conversei...se alguém me mostrar uma prova de que os animais estão drogados ou são mal tratados, na hora mudo minha opinião...pois exatamente por amar animais e nunca ter curtido circos, procurei pesquisar antes e averiguar por lá !

      Excluir
    7. Concordo! Estive lá em 2010 e em 2011 para a Africa fazer um trabalho voluntario de 1 mês com leões... Eles dormem quase que o dia inteiro! Isso e normal! Anormal seria ver leões elétricos e ativos durante o dia. As pessoas falam sem conhecimento. É mais facil criticar do que pesquisar, como vc fez!

      Excluir
    8. Descreveu tudo Caro Artur, estive lá também e vivenciei uma das melhores experiências da minha vida... não vi maltratos com animais e tenho fotos com animais se alimentando comigo, sem qualquer indicio de que estaria dopado... Infelizmente pessoas que não gostam do passeio por algum motivo e dão sua opinião própria ao invés de deixar que as pessoas decidam pela própria experiência até porque ir até a Argentina e deixar de fazer uma coisa que só da pra fazer lá é um desperdício.... Parabéns pela pesquisa....

      Excluir
    9. Acredito que todos aqui sejam veterinários para afirmarem que os animais não são dopados e são muito bem tratados, uma vez que, como dito por outro leitor desta matéria, não é da natureza dos felinos aceitar tão pacificamente a aproximação de estranhos.

      Excluir
    10. Sr Arthur Oliveira , nao o conheço mais ja gostei do Sr , pessoas com pouca inteligencia deveriam saber o basico dos basicos que felinos praticamente dormem durante todo o dia para caçar a noite , mesmo estes que nao precisam caçar pois é da natureza destes animais , falar que os bichos estao dopados é realmente uma ignorancia , ja estive em Lujan duas vezes e voltarei quantas puder pois é uma experiencia inesquecivel , as pessoas que tomam conta do local hoje estao visando o lucro sim ,mais enquanto estiverem mantendo o lugar e cuidando dos animais que mal a nisso , alguem aqui trabalha de graça , isso é pura ipocrisia , quer luxo e conforto vai visitar Las Vegas , Paris , New York , que ai vc nao vai sujar seu sapato do Fernando Pires na lama kkkkkk.

      Excluir
    11. Adorei o texto, e acho que quem diz que os animais de lá não são dopados e são bem tratados não conhecem um zoo de verdade.
      Fui a buenos aires em 2010 e visitei o zoo de buenos aires (que fica na cidade e não de luján e já achei os bichos magros emal tratados, fora o absurdo que é vc pode comprar ração e alimentar quase todos os animais, dando comidinha na boca, animais perigosos selvagens. Um absurdo.
      E outro detalhe, não é barato visitar Luján, custa cerca de 100 reais por pessoa (entrada + van pra chegar até o local), e não tem nenhum argentino lá, só um bando de turista babaca que acho que é legal tirar foto com animais dopados magros com o pelo feio.
      E como assim tem ente dizendo q Leões não atacam e passam o dia todo dormindo mesmo???
      Nunca fui a Africa mas sei que eles atacam sim, e pelo menos aqui no zoo de sp eles são bem ativos, tem um pelo lindo e brilhante e são bem gordinhos, super saudáveis.
      lastimavel ver alguem defender uma crueldade dessa.

      Excluir
    12. PERFEITO Artur! Exatamente isto! Muito fácil falar de algo que nunca foi e ainda criticar tão ferozmente. Vê-se que este cidadão não sabe nada de animais. Também estive em Lujan e conversei com os tratadores e obtive as mesmas respostas. Inclusive um tratador jogou uma bola pro tigre jovem que prontamente correu pra pegar (dopado?!) e aidna deu uma caixa enorme pra ele e fofamente como um gato ele entrou. Nada pagará a experiência que tive. E pra quem não acredita que animais selvagens possam não atacar humanos, é só dar um google, está cheio de vídeos e exemplos de famílias que criaram felinos. É muita ignorância escrever um texto desses sem saber que felinos dormem durante o dia e caçam à noite... Básico.

      Excluir
    13. Fui a Buenos Aires em Julho de 2013 e discordo de 95% do que foi escrito. Não vi nenhum animal magro ou desnutrido, nenhum ferro velho, restaurante sujo ou banheiro em péssimas condições. Claro que como a ideia do zoo é ser algo mais rustico, não espere restaurante 5 estrelas. Mas há sim umas 3 ou 4 opções de "fast foods". O banheiro poderia ser mais moderno, claro, mas longe de estar um chiqueira ou algo parecido. Quanto aos animais estarem dopados, confesso que esta foi minha única dúvida. Mas ao ouvir a explicação de como os felinos são domesticados (desde de filhotes por exemplo, eles são adaptados a conviver com cachorros), minha dúvida diminuiu. Inclusive presenciei uma jaula com 4 felinos (Acho que eram Pumas) e um cachorro dentro brincando. Se fossem animais sem o mínimo de adestramento, o cachorro tinha virado comida há muito tempo. Enfim, cada um tem a sua opinião, mas se tudo fosse verdade nesse texto, eu seria o primeiro a ajudar a divulgar o assunto e sempre que possível informar a quem pudesse para jamais ir a este zoologico. Quanto ao preço, paguei na época 50 reais (eles tbm aceitam) de entrada.

      Excluir
    14. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    15. Gente, os guias e tratadores são pessoas pagas pelo zoo, portanto não serão a fonte mais isenta e confiável né?
      Falar que ouviu do guia que os animais são bem tratados não ajuda muito o argumento de vocês.

      Excluir
    16. Sou Veterinária com pequena experiência em animais selvagens (estagiei toda a graduação em um CETAS) e vou falar o que observei quando fui ao zoo de Lujan no ano passado. Devo concordar com o Arthur, este texto ficou extremamente mal escrito, sem referências e está bem sensacionalista! O que vi: não vi animais dopados! E posso dizer que um quadro de real sedação é diferente do que notei nos animais. O único animal que estava DISCRETAMENTE sonolento foi o leão da foto, mas isso pode ser explicado pelo hábito noturno que é observado em felinos, principalmente os selvagens. Trabalhei com outras espécies de felinos em cativeiro (jaguatiricas, onça-parda, gato-do-mato) e eles passam a maior parte do dia dormindo. Pelo que foi explicado, os animais são criados e treinados desde filhotes com cachorros, e os cães são os machos-alfa do recinto. Portanto, todos os animais respeitam os cães. Não gostei do tamanho dos recintos, achei muito pequenos e realmente, ausente de estímulos para os animais. Meu espanhol é péssimo, devido a isso não conversei sobre isso com os guias, mas espero que este seja apenas um recinto de exposição, e não onde os animais ficam todo o tempo. Os ursos pelo menos, tinham um recinto acessório além do de exposição, mas este também não era rico em estímulos. O zoológico é um pouco mal estruturado sim, me lembrou mais uma fazenda, mas prefiro isso que um zoo todo pavimentado, que no final só serve para aumentar a incidência de antracose nos animais. O pessoal do zoo tira fotos da gente sim, porém esta não é uma base de grande lucro para eles, já que em todos os recintos, nós podemos tirar nossas próprias fotos, inclusive os guias tiram fotos pra gente nas nossas máquinas. A única área que só o zoo pode tirar foto é a área que eles denominam de exótica (iguana, cobra, aranha). Não gostei da ideia de dar caramelo aos ursos, pois não acho interessante dar para um animal um alimento que não faz parte do que ele encontra na natureza, ainda mais quando este não acrescenta em nada na dieta ideal para os mesmos. Havia muita semente de girassol no recinto das araras (isso pode gerar esteatose hepática em psitacídeos, mas como o girassol é muito palatável, as aves deixam de comer os outros componentes da dieta enquanto houver girassol). Mas o recinto das araras era sim, de certa forma bem estruturado (teto alto, que permite que o animal se isole, voe se puder, e alimentação e água bem distribuídas pelo recinto, o que faz com que as aves tenham que andar pelo recinto e evita brigas na hora da alimentação). Não negarei que aproveitei o passeio, afinal quando é que temos a chance de tocas num animal desses (e seria sim, meio hipócrita quem disser que nunca teve vontade). Saí de lá com uma pequena tristeza devido a situação dos animais, de estarem em cativeiro, mas sinceramente, fico assim em qualquer zoo que eu vou. O zoo de Curitiba por exemplo, é considerado bem estruturado, mas na área dos felinos, o que eu vi foram onças-pintadas com abdômen penduloso (sinal de stress crônico, devido à secreção acentuada de cortisol pelas adrenais) e com movimento esteriotipado grave! Não vi animais com movimento esteriotipado no zoo de Lujan. Resumindo minha opinião: não deixa de ser um passeio interessante e proveitoso, mas definitivamente eu não iria novamente, pois odeio ver animais em cativeiro. O método de domesticação utilizado é muito interessante, e já que estes animais vieram de circos ou já nasceram em cativeiro, porque não? Não gosto é da ideia de tirar um animal da natureza e colocá-lo em cativeiro para mero desfrute humano! Quanto aos nascidos lá, a possibilidade de serem introduzidos na natureza é bem remota, e é assim pra qualquer animal nascido em cativeiro. Não há como nós ensinarmos um animal a caçar e se proteger, e se os pais não sabem fazer isso, a chance cai pra quase zero. Podem falar o que quiser de instinto selvagem, mas infelizmente, principalmente para carnívoros, só o instinto não basta na natureza!

      Excluir
    17. Obrigado pela explicação ANA, obrigado pelo esclarecimento Artur.
      Fui lá, o lugar não é bonito, o dono gosta de carros antigos, salva animais sem a ajuda do governo, que ainda o cobra.
      Sempre que pode constrói novas jaulas para animais de circo, abandonados e outros.
      Os filhotes convivem com cachorros desde pequenos, dentro da casa do dono.
      Enfim para quem é muito ligado a bichos, vai achar horrível e só ver desgraça. Quem gosta de bichos e aprende a situação que se encontram, entende que poderiam estar mortos.
      Entrei na jaula dos tigres e à disposição deles, estava muita comida e passavam pelas minhas pernas como gatos.
      Não sei dizer, mas um cachorro dopado morde seu dono. O que faria um felino desse porte?

      Excluir
    18. Amigo Ravanelli: Nunca dope um bicho se não quer ser mordido... Qualquer forma de sedantes ou drogas faz efeito contrario no animal. Ele acha se perdido, perturbado e não compreende porque não pode accionar rapidamente. Então, acha-se indefenso e o primeiro que vai fazer sera se defender... mordendo... Um animal um pouco dopado, é perigoso. Um animal dopado a meias, é muito perigoso. Um animal totalmente dopado...? para que..? só por alguma operação imagino... Aqui em Bs. As., já não há veterinário que recomende o uso daquelas gotinhas que se davam para Natal por causa dos fogos de artificio. A recomendação é usar volumem alto de música e ficar pertinho de seu animal, porque ele vai se achar protegido... Outra coisa: vc não pode dar nenhum sedativo para os animais, mas de 2 meses contínuos, se não quer ver morto a ele. Nao há coração de bicho que aguante mais de 50 dias com drogas de qualquer tipo... Então como vc explica os 23 anos da puma Mariana (a mais idosa do mundo, parabenizada pelos Zoo de todo o mundo...!!) ou os 17 do Ezequiel...!!
      Vc foi diz, e que vc acho de esses bichos que passavam pelas suas pernas...? Eles queriam comer vc..? Ou só queriam mimos..? Fique tranquilo: os felinos não gostam das carnes macias como das pessoas. Gostam de veados, de zebras, de carnes musculadas e bem duras. E principalmente de herbívoros. E se não acredita nas minhas palavras, só pergunta a Ana, a veterinária que escreveu aqui cima...

      Excluir
  4. O chamado "alerta",perde completamente a característica, pela forma de abordagem, do autor e coautor. A tempo, devo dizer, que já visitei o local e guardo minhas opiniões para tratar de forma inteligente com pessoas que falem e discutam sobre o assunto, no que tange temas como talvez,legalidade, permissividade, concessões, omissões do poder público, etc. , obviamente, sempre com base na lei, e respeito aos costumes locais. Como pode alguém se julgar tão acima dos outros a ponto de criticar qualquer turista, que desavisado ou não optou por conhecer o local, taxando as pessoas de ignorantes, sem noção e outros adjetivos citados na publicação em tela??? Chamar o povo argentino de chatinho?? Eu vivo na Argentina, e por exemplo, me sinto tão em casa como no Brasil. Ademais, eu humildemente, penso que generalizar e ofender é algo bastante complicado. Mas como eu me encaixo dentre " os sem noção" do artigo, minha ignorante opinião não vale nada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Patética a forma de escrever, agressiva e desrespeitosa

      Excluir
    2. O texto realmente foi mal escrito, me parece uma adolescente meio "sem noção" escrevendo. Acho que falta conscientização, prefiro acreditar na ignorancia do turista do que na sua má fé. Porém o fato de financiar uma atividade que maltrata animais não deixa de ser decepcionante.

      Excluir
    3. Liu Parabéns, o autor se baseia em opiniões próprias e chama todo mundo que tirou foto em Lujan de ignorante. Quando o autor afirma que os animais foram dopados ele não apresente nenhuma comprovação sobre esse fato!! Ignorante se mostrou quem fez o texto.

      Excluir
    4. As palavras usadas pelo autor são de profundo descontetamento pelo que ocorre no zoo. Vamos transferir a situação para outro plano: se fosse algo muito ruim feito com pessoas nós não usaríamos palavras de impacto? Pois bem, animais sofrem tanto quanto a gente, sentem como nós e merecem ser defendidos com a mesma intensidade. Lembrando que não estou igualando humanos a animais.
      E ignorando a acusação de de dopar animaid e etc... O fato e o principal é que esses animais estão sendo submetidos a um estilo de vida que não é o correto pra eles.
      E se isso não provoca revolta em vocês!? Aah meus caros, eu lamento e fico muito triste com isso.

      Excluir
    5. O autor do texto é quem deveria estar dopado, um idiota sem noção. A unica coisa verídica no texto dele é que o zoo nao oferece um restaurante e um banheiro 100%, agora me responda uma coisa ??? esse imbecil foi lá pra comer, cagar ou ver e interagir com os animais ??? Eu fui e recomendo a todos !!!

      Excluir
    6. Agradeço a todos que acompanham meu posicionamento. Felicito o administrador do blogh, pela postura democrática, deixando nossos comentarios.
      " Se discordas de mim, tu me enriqueces." ( Dom Hélder Câmara)

      Excluir
    7. Também moro em Buenos aires e também já fui a este Zoo por pura curiosidade. Tenho minhas opiniões contra, mas não é esse o ponto.

      Acho que um dos grandes pontos é o próprio turista brasileiro que 'baba ovo' para qualquer coisa que dizem e fazem uma 'fanfarice' para tudo.

      Como Lui disse, também não me sinto tão em casa aqui como no Brasil e quando isso deixar de existir, simples, pego minhas coisas e vou embora. Dá para entender o que quero dizer?

      Respeitar o lugar, país é essencial. Senão, amigão, cai fora.
      Cada povo tem sua característica e o ideal não é esteriotipar ninguém.
      Não é que aparece um chato ou mal educado você generaliza e o pior, tem a mesma atitude.
      "Gentileza gera gentileza" .

      Excluir
  5. Gostei da sua exposicao Liu Santos. Denunciar eh uma coisa, ridicularizar usando os mesmos criterios do algoz eh outra. A gente pode emitir uma opiniao sem escrachar as demais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente e simplesmente assim, Cara Raquel. Obrigada.

      Excluir
  6. Quem vai pra Argentina certamente não tem $$ pra visitar a África!! E na boa, a terra do Tio San já tá enchendo o saco com esse negócio de visto, consulado, entrevistas (eles não querem brasileiros por lá). Prefiro passar beeeem longe! Acredito que tenha sim lugares muito bons em Buenos Aires pra se divertir, pra comer. Não precisa ficar instalado dentro do ZOO por 3 dias. A curiosidade humana é inevitável. Hoje a Argentina oferece bons lugares e é uma viagem mais acessível para os menos favorecidos. Eu recomendo!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que vc não entendeu... Se vc vai ao Zoo e paga sua entrada, as fotos e etc, está financiando maus tratos à animais selvagens. A questão não é ir à África, EUA ou etc... É ir, sim, a Buenos Aires, mas NÃO ir ao zoo, nem por 3 dias, nem por 1 vez! Se ninguém for, não terá pq existir esse tipo de maldade.

      Excluir
    2. É mas infelizmente o problema de maus tratos tem que ser visto por autoridades locais, pois sempre vai existir alguém que queira visitar este ZOO. Sei que isso é um problema gravíssimo, mas não vai fazer com que os turistas parem de frequentar o local.

      Excluir
    3. Nossa Silvana. os EUA não querem Brasileiros por lá. Em que realidade você vive? Já sei, deve ter tido visto reprovado. Afinal, nunca foi tão fácil conseguir visto para lá. Nunca eles precisaram e quiseram tanto o dinheiro do povo brasileiro. Por favor, pense antes de emitir opiniões...

      Excluir
    4. O autor do texto é quem deveria estar dopado, um idiota sem noção. A unica coisa verídica no texto dele é que o zoo nao oferece um restaurante e um banheiro 100%, agora me responda uma coisa ??? esse imbecil foi lá pra comer, cagar ou ver e interagir com os animais ??? Eu fui e recomendo a todos !!!

      Excluir
  7. Esse é o grupo mais ativo contra o Zoo:

    https://www.facebook.com/groups/351134408940/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O autor do texto é quem deveria estar dopado, um idiota sem noção. A unica coisa verídica no texto dele é que o zoo nao oferece um restaurante e um banheiro 100%, agora me responda uma coisa ??? esse imbecil foi lá pra comer, cagar ou ver e interagir com os animais ??? Eu fui e recomendo a todos !!!

      Excluir
  8. Discordo completamente do texto! Será que a ignorância é do turista desavisado ou da pessoa que o escreveu! Visitei esse zoológico agora em janeiro e não me arrependo nenhum pouco! Tb não esse circo de horrores que foi mencionado... apesar da estrutura ser bem simples não vi nenhum animal ser mau tratado, pelo contrário, a preocupação com o bem estar deles é visível por parte dos funcionários! Recomendo o passeio!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você!
      Vale a pena o passeio..
      E pelo que foi conferido durante a realização do passeio, nenhum animal estava dopato, ja que todos estavam correndo e brincando nas jaulas!
      Enfim, retorno financeiro tem mesmo...seja bem vindo ao mundo capitalista!

      Excluir
    2. Vocês sinceramente acham que podem chegar perto de um leão sem que ele esteja dopado? Ou melhor, vocês acham que qualquer pessoa assumiria a responsabilidade por pessoas "fazerem carinho" em um animal selvagem sem que ele esteja dopado?
      OU MELHOR, como possivelmente vocês não acham crueldade animais enjaulados (eu já poderia colocar um ponto final) com pessoas estranhas a eles ENCHENDO O SACO o dia inteiro? Que importa a preocupação dos funcionários, o trabalho deles inclui fazer que os visitantes pensem isso mesmo! ANIMAIS NÃO SÃO ENTRETENIMENTO, as pessoas PRECISAM entender isso!

      Excluir
    3. Eles nao são simplesmente animais selvgens, são animais selvagens que foram domesticados. O autor do texto é quem deveria estar dopado, um idiota sem noção. A unica coisa verídica no texto dele é que o zoo nao oferece um restaurante e um banheiro 100%, agora me responda uma coisa ??? esse imbecil foi lá pra comer, cagar ou ver e interagir com os animais ??? Eu fui e recomendo a todos !!!

      Excluir
    4. Nunca irei e vou compartilhar com todos.chega de tirar proveito de animais dopados

      Excluir
    5. Eu não conheço o zoo e nem a história, mas só posso dizer uma coisa: animais selvagens não são "domesticáveis", meu querido Rogério.

      Excluir
    6. Não sou especialista em animais, mas pelo que sei, eles só atacam quando se sentem ameaçados ou estão com fome, ou seja, lá isso não ocorre!

      Excluir
    7. Roberta Maia disse tudo! Animais não são entretenimento! A partir do momento em que o governo proibiu os animais em circos (graças a deus), deve assumir a responsabilidade sobre os mesmos e pronto. Não é pq os bichos vieram de circo, não foram criados na natureza ,que devem virar entretenimento.
      Mal ou bem tratados, acho um absurdo que pessoas frequentem qq tipo de zoológico que tranque os animais em jaulas. Meus filhos jamais conhecerão.

      Excluir
    8. Tenho 30 anos e nunca fui em zoológicos e nunca vou levar meus filhos... Animais selvagens NÃO são domesticáveis, não podem virar entretenimento, quem aceita esse tipo de situação é um grande ignorante!

      Excluir
    9. Pra quem acha que animais selvagens não são domesticados, procure por KEVIN RICHARD no Google. Só pra COMEÇAR.
      Outro no Brasil: http://www.youtube.com/watch?v=xJqIK-JDZbM

      Excluir
    10. Acho que quem nunca foi ao zoo, deveria na melhor das hipóteses ficar calado. O povo brasileira acredita em tudo que lê, sem sequer buscar a procedência das informações.

      Excluir
    11. descarto a opinião de quem escreve ''nenhum pouco"

      Excluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Que texto mais fraco de idéias, com qual confirmação você afirma que os animais são dopados, felinos são animais que dormem e ficam deitados por um longo periodo de tempo ao longo do dia, saindo apenas para caçar e realizar suas necessidades especiais. Os animais no zoo recebem alimentação constante por isso o motivo de ficarem deitados ou dormindo. Todas as vezes que vou no zoológico de São Paulo nunca consigo ver os tigres e leões, pois na maioria das vezes estão dormindo dentro da caverna, será que quem cuida do zoológico de São Paulo também dopa seus animais? Os animais são criados desde pequeno ao lado de humanos por isso eles se acostumam e não reagem. Você realmente acha que eles tratariam de uma forma ruim seu próprio ganha pão?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente... estive em fevereiro agora e não vi nada do que os"corretíssimos" autor e co-autor desse texto, fraco e sem provas, escreveram.
      O zoo é simples mas bem cuidado. Atrevo a dizer que é bem melhor do que o do RJ, seja na infraestrutura seja ao tratamento dos animais.
      Não é um zoológico com tanto glamour quanto alguns da Europa.
      E será que esse infeliz autor é tão inocente que acha que os animais de outros locais são muito bem tratados? Quantas vezes já vimos muitos zoos e circos serem fechados por maus tratos aos animais? Inúmeras vezes, eu respondo. Mas talvez esse autor sem noção seja inocente mesmo.
      Os animais não pareciam estar dopados. E até onde sei, a fiscalização sempre está por lá pra verificar a condição desses animais. E até agora, nesses 20 anos, nada foi comprovado e o zoo continua aberto sem nunca ter sido autuado.
      Procure buscar informações antes de escrever qualquer baboseira, pra não dizer outra coisa, na Internet. Pessoas fracas, de opinião e de ideias, como é o seu caso, podem sofrer influências negativas com esses tipos de textos desqualificados.

      Excluir
    2. Concordo plenamente com sua colocação, com que propriedade uma pessoa pode afirmar com toda a certeza do mundo que os animais estão dopados? Por acaso essa moça é veterinária? Pesquisei sobre o Zoo antes de ir (porque ao contrário do que a autora do post afirma com toda a certeza do mundo não sou uma turista alienada) e tudo o que encontrei sobre maus tratos a animais foram comentários o parecidos com esse post, pessoas leigas, supondo coisas e saem propagando verdades. Busquei matérias de jornais ou orgãos protetores de animais que denunciassem algo e o que encontrei foi o contrário, comentários de veterinários que viram vídeos e disseram que os animais não pareciam estar sedados, que no máximo, se poderia afirmar que tomaram anti-depressivos para diminuir os riscos, mas que não havia (só com exames toxicológicos) como afirmar já que o comportamento dos animais não denunciava nada.
      Nessa minha pesquisa também li que é sim possível que os animais não estranhem seres humanos, porque nesse zoo eles nascem em cativeiro e são expostos ao contato desde muito cedo, e como recebem comida o tempo todo, isso também funciona como recompensa para eles. Eles crescem percebendo seres humanos como iguais.
      Eu fui lá, e honestamente, não vi em momento algum nenhuma cena que desse a impressão de que ocorrem maus-tratos lá, ao contrário o que vi foram cenas de intimidade entre os animais e os tratadores, cuidado dos tratadores com animais (na visita eles indicam por onde você pode passar, onde pode encostar e em que animais. Os felinos são trocados para que não fiquem estressados. Não vi nenhuma cena de desrespeito.
      Sobre a estrutura, é sim simples, mas quando você lê sobre o lugar, se deixa claro que se trata de um zoo particular, uma espécie de fazenda. E sobre o "ferro velho", o dono é colecionador de carros antigos. Mas não achei as jaulas pequenas e fisicamente os animais parecem bastante saudáveis (o único animal que vi que não parecia tão forte quanto os outros era um leão de 17 anos, o tratador explicou que ele já não tinha massa muscular, e dormia mais do que os outros felinos por que era muito idoso.
      eu e minha família não fomos, em nenhuma hora, maltratados por funcionários dos zoo, e quanto à lanchonete, por favor! Lá não é o tipo de lugar onde se vai para almoçar num puta restaurante, e o dono não se propõe a isso.Os banheiros, são simples, mas não achei sujos (de novo, são banheiros zoológico), espaçosos e não faltou nada (papel ou sabão).
      A moral da história é: ao invés de sair ofendendo os outros com base apenas em suposições, ou na opinião de pessoas que sabem tanto quanto você (nada), faça como a turista alienada aqui e pesquise sobre o assunto que vai publicar. Talvez se a amiga Ed tivesse tido mais interesse ela tivesse descoberto que felinos são animais de hábitos noturnos, que eles lá são criados em jaulas junto com cachorros para imitar o comportamento desses animais e porque cães percebem mudanças sutis de humor. E talvez pudesse ter aprendido várias outras coisas interessantes.
      Fui lá na última semana (06/03/14) e desde então tenho sido obrigada a me explicar o tempo todo por causa de comentários preconceituosos.
      Eu não estou dizendo que os animais não estavam drogados, o que estou dizendo é que pelo que sei e pelo que pesquisei eles não pareciam drogados. Não vou afirmar nada porque sou leiga e não sou nenhuma irresponsável.

      Excluir
    3. O autor do texto é quem deveria estar dopado, um idiota sem noção. A unica coisa verídica no texto dele é que o zoo nao oferece um restaurante e um banheiro 100%, agora me responda uma coisa ??? esse imbecil foi lá pra comer, cagar ou ver e interagir com os animais ??? Eu fui e recomendo a todos !!!

      Excluir
  11. Quem escreveu esse texto é que deveria estar dopado, além de ser um completo ignorante. O dono do local coleciona carros antigos, alguns são carros clássicos antigos, veículos de guerra etc, perderiam totalmente o seu proposito se fossem reformados, quer ver carro novo seu imbecil, vá ao salão do automóvel. Os animais nao estão dopados, tando que vc nao ficou em nenhum momento sozinho com os felinos, o que teria sido uma boa ideia, pq assim derrepente existira a chance de vc ter sido devorado e não ter escrito toda essa merda. O local pode realmente nao ter o melhor restaurante nem o melhor banheiro do mundo, mas vc foi lá pra comer cagar ou ver animais ???...Não liguem para o que esse idiota escreveu e se puderem, vão e conheçam o zoo de Lujan, é uma ótima experiencia.

    ResponderExcluir
  12. Eu visitei o Zoo Lujan e, sinceramente, não me sinto uma turista idiota e sem noção como o texto descreve. Sou bastante observadora e amante dos animais. Não presenciei maus tratos, não fui mal tratada, lanchei por lá e usei o banheiro sem problemas... Todas as jaulas tem cães convivendo com felinos e tratadores atenciosos. Presenciei vários felinos se alimentando e imagino que isso não seja possível se estivessem dopados. Dei frutas aos elefantes e poderia comê-las se quisesse porque estavam frescas. Também vi vários filhotes e imagino que a reprodução em cativeiro não seria possível se esses animais fossem tão mal tratados como o texto descreve. Pelo comportamento que apresentam, imagino que esses animais não tenham sido retirados do seu habitat para serem colocados ali. Pelo que li e pesquisei a respeito, foram resgatados de circos e zoológicos ou nasceram em cativeiro. A experiência de ficar perto desses animais é indescritível. Classificar a visita como a pior coisa a se fazer na vida é no mínimo imaturo...

    ResponderExcluir
  13. Nossa! Eu fui duas vezes no zoo, ele é lindo, bem fazenda ( essa pessoa do texto só deve gostar de local urbano). Não senti nem 10% do que você falou no texto, muito pelo contrário. AMEI! Recomendo a todos irem lá, é realmente muito bonita a fazenda, com vários tratores decorando o ambiente, charretes antigas, uma graça. Realmente os restaurantes não são muito bons. Mas é ENORME! Enfim, descordo totalmente, acho que você só poderia ter postado isso se tivesse ido lá, pq a opinião de 1, não é a opinião de todos. Não gostei do post, e espero que você vá lá e depois venha aqui dar seu testemunho. Inclusive, por diversas vezes vi os leões serem alimentas, os leões pequenos são criandos juntos com cachorrinhos, para crescerem com o mesmo comportamento, isso ela não falou né? Para cada 1 leãos tem 5 cachorrinhos. Isso é uma técnica antiga... Enfim, vá e depois poste um comentário sobre isso. Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Fui lá recentemente e não é nada do que li aqui... ESSE POST É O OPOSTO DO VERDADEIRO ZOO DE LUJAN! A pessoa precisa analisar melhor e com muita calma antes de falar uma coisa dessas...

    Os animais são bem tratados, não são dopados (inclusive passei um "perrenguinho" na jaula dos tigres, pois eles estavam "brincando muito e correndo perto de nós).

    Os animais são criados com cachorros desde recém-nascidos e isso os torna "mais mansos" (óbvio que são animais selvagens e nunca serão totalmente domesticados). A fazenda é enormeeeeeee e os carros antigos são incríveis e muito bem cuidados (meu pai viu em fotos e ficou encantado - NÃO É UM FERRO VELHO DE JEITO NENHUM).

    Não posso falar sobre as filas, pois fui em grupo especial de guias que conhecem os tratadores e os donos do Zoo, logo o tratamento foi muito diferenciado, sim. Fiquei chocada quando li este artigo e, pelo visto, a pessoa teve uma péssima experiência lá.

    Realmente não há restaurantes (você deve levar seu lanche) e o banheiro estava impecável quando fui. Os funcionários são simpáticos e os tratadores, principalmente dos felinos são calmos, esperam os animais se aquietarem e aí pedem que outro grupo de pessoas entre na jaula para não estressar os animais com MUITA gente reunida.

    Os animais são limpos, não têm machucados, marcas de maus tratos, pelo contrário, são bem alimentados e sempre tem algum tratador os refrescando com baldes ou mangueiras d´água, pois lá é BEM ABAFADO MESMO!
    As aves, lhamas, gansos, pavões lindíssimos e outros animais vivem soltos e já estão acostumados com os humanos.

    Recomendo a todos que estiverem em Buenos Aires, se puderem, conhecerem este lugar incrível.
    Não vá sozinho, procure uma boa excursão e terá tratamento especial. OBS: os animais mais velhinhos, como a conhecida Puma chamada "Mariana", ficam afastados da zona de circulação dos visitantes e têm jaulas SÓ para eles (são bem grandes) e tratadores específicos, assim como veterinários.

    Como eu sei de tudo isso? passei um dia inteiro lá com guias argentinas (não são da CVC, pois estes te largam lá e marcam horário para te buscar) que são amigas dos donos e, por isso, fiz questão de perguntar sobre tudo e tirar minhas dúvidas, pois também ficava com o "pé atrás" sobre este tipo de zoológico.

    Não sou uma idiota que foi lá só pra tirar fotos... Tenho senso crítico, observei e questionei tudo de todos que trabalham lá.

    ResponderExcluir
  15. Pera aí! Vamos observar os "hábitos noturnos dos leões". Reparem que eles não caçam durante o dia pq "ficam dentro de suas cavernas".

    Observem que eles nem gostam de fortalecer a musculatura, correndo a mais de 60 km/hora.

    https://www.youtube.com/watch?v=aUU2CBdZOLs

    ResponderExcluir
  16. Tenho uma sugestão muito melhor que esse zoológico fracassado. Existe um bioparque em Escobar na província de Buenos Aires, que é completamente o oposto do que este texto descreveu. É um lugar magnífico que vale a pena visitar. Para quem se interessar o site é este: http://www.temaiken.org.ar . Esta é uma foto que tirei neste paraíso https://fbcdn-sphotos-a-a.akamaihd.net/hphotos-ak-frc1/t31/279803_262045090478511_5808095_o.jpg

    ResponderExcluir
  17. Oi (não sei seu nome, não achei facilmente),

    Mas achei super importante suas colocações, porém não posso concordar, nem discordar, pois nunca visitei. Sempre quis conhecer, pois só assim acho que formarei uma opinião justa sobre o assunto e acho importante isso, pois sou estudante de medicina veterinária. Possuo um blog e quem sabe no futuro, quando tiver a oportunidade de conhecer e formar minha opinião, escreverei sobre isso.
    Mas mesmo assim, obrigada pelo post, irei levá-lo em consideração na hora de conhecer.

    Ahhh, meu blog é www.divaveterinario.com.br
    Beijos.

    PS: As pessoas deveriam aprender a diferença entre criticar e ofender, tudo bem discordar, mas seria bom expor sua opinião sem xingamentos.

    ResponderExcluir
  18. Nem vou acabar de ler!!! Logo Se ve que essa pessoa nunca foi ao Zoo do Rio, onde os felinos e outros animais como o elefante ficam em celas extremamente pequenas confinados, sem nenhuma chance de atividade física nem muito menos que estimulem o cérebro. O local é sujo e os banheiros também, como em muitas atrações turísticas. Zoológicos em sua maioria, não são santuários cheios de ativistas, são sim um business e o nosso ( do Rio de Janeiro) sobrevive com o dinheiro da prefeitura do Rio que obviamente está cagando para os animais e de empresas ou Ongs que adotam os animais! Os animais infelizmente são a mercadoria, o atrativo turístico sim. No mundo inteiro vi poucos Zoos onde se respeitassem as necessidades exatas de cada espécie. Outra frase qUE achei deprimente nesse texto foi: "Mas certas coisas não podem passar desapercebidas aos nossos olhos, muito menos em viagens, muito menos em terras alheias." E eu pergunto porque prestar mais atenção e criticar mais as coisas dos outros quando estamos fora de casa? Devemos manter um olhar crítico sempre!!! Sim esse Zoo de Lújan onde nunca estive provavelmente é uma bosta e eles devem msm maltratar os animais prá cacete, não discordo disso. Porém isso acontece aqui msm no Brasil tbm!!! E muito!!!! E para completar Buenos Aires tem muito mais para se ver e fazer do que nosso amigo sugere que seja possível em 3 dias!!! E o Zoo principal de Buenos Aires que fica no centro é uma gracinha, os animais tem bastante espaço e não ficam dopados não!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente essa pessoa que escreveu o texto não pode ser jornalista. Escreve sobre o que não viu, julga pessoas sem qualquer educação e fala coisas absurdas.
      Dizer que coisas não podem passar desapercebidas aos nossos olhos muito menos em viagens foi realmente o comentário que faltava para acabar com o texto! Essa pessoa deveria era prestar bem mais atenção no seu país e tentar fazer algo de bom por ele - mas não esqueça - é sempre muito bom conhecer antes de julgar!

      Excluir
  19. Bom...o texto já é mal escrito pelo tom ofensivo e de julgamento que nele consta...além disso, é mais um texto como muito que vemos por aí: sem qualquer fonte, sem qualquer prova e sem qualquer referência. Eu estive em Buenos Aires em 2010 e na época Lujan já era famoso, ao menos na Argentina. Não fui por uma questão de tempo. Fui ano passado e a possibilidade pitoresca de entrar numa jaula com leões já me intrigava, fora os boatos de dopagem dos animais etc...pesquisei bastante antes ( o que me deu consicência pra ir visitar) e lá fiz diversas perguntas ao grupo de guias e dentro do próprio zoológico, desde que entrei na van . De fato aquilo não é um zoo, é uma fazenda que não tem "estrutura turísitca". Os animais que lá estão, foram abandonados no início dos anos 90, quando a lei argentina proibiu animais em circos. Descobriram um cidadão que abrigou os primeiros animais selvagens e o governo foi lá fiscalizar. A resposta do tal fazendeiro foi: olha, esses animais não podem voltar à vida selvagem e eu quero cuidar deles. O governo deu a autorização para que o fazendeiro pudesse manter os animais, desde que ele cuidasse deles e fizesse um trabalho educativo gratuito para os cidadãos argentinos...a parada virou quase um convênio: animais ilegais encontrados em circos clandestinos ou animais muito debilitados, eram entregues para essa fazenda...animais abandonados em outros países, o cara comprava pra poder cuidar....pois bem...essa é a história que eu conversei lá, pessoalmente e está no site do zoo de Lujan...sobre o fato de estarem dopados: a primeira coisa que a guia pergunta é "quem acha que os animais são dopados ?" ao passo que exceto eu e a Débora, todos levantaram a mão...e aí a guia novamente interpela: "vcs realmente estão indo ver conscientemente animais que estão dopados???? deveriam pensar nisso" .... Os animais não são dopados, basta olhar as pupilas deles...são todas saudáveis e não estão dilatadas...há todo um processo de rodízio da interação dos animais coom o público, para que não haja desgaste e estresse...é possível ver os animais mais agitados em outras jaulas, onde não há possibilidade de interação...o tratador, que conhece os animais desde bebê, sabe quando um está ou não agitado. A interação e domesticação dos primeiros animais, certamente foi demorada....mas o segredo para as outras gerações está na interação dede o nascimento com os cachorros, que "ensina" o animal selvagem a reconhecer um líder e obedecê-lo..ninguém me contou, eu vi o cachorro mordendo e chamando atenação do pequeno leãozinho...outra coisa...as taxas de fecundidade são surpreendentes e infinitamente superiores a quaisquer outros zoológicos, exatamente pelo tratamento diferenciado que eles possuem ...vocês acham que se tivesse droga e fossem tão mal tradados haveria tantos nascimentos ???? pesquisando em sites argentinos, não há qualquer prova de dopagem dos animais...pelo contrário, há constantes fiscalizações de órgãos do do governos e de proteção aos animais e nada foi provado. O próprio site se coloca a disposição de veterinários e especialistas. Bom, esse é meu depoimento, não há provas e estou contando o que eu vi, ouvi e conversei...se alguém me mostrar uma prova de que os animais estão drogados ou são mal tratados, na hora mudo minha opinião...pois exatamente por amar animais e nunca ter curtido circos, procurei pesquisar antes e averiguar por lá !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo super,Arthur!Fui no Zoo Luján em 2012.Sou estudante do último período de veterinária e posso afirmar que ao meu ver os animais não pareciam nem um pouco dopados,muito menos aparentavam sofrer maus-tratos.Os recintos podem ser um pouco pequenos e não oferecer tanto enriquecimento ambiental,mas não é a pior coisa do mundo.O autor deve ser um ignorante sensacionalista querendo ibope!Rebelde sem causa!Quanto ao resto do texto,nunca li tamanha baboseira!Certamente essa ignorante é um papagaio que repete tudo que ouve.Fui super bem recebida pelos Argentinos,que não são nada "chatinhos".Ridículo texto e lámentavel ver que tem gente que concorda,compartilha e etc,sem comprovar NADA.Animais selvagens podem sim apresentar um comportamento menis agressivo se domesticados,como são os do Zoo Luján.Quer criticar?PROVE!Fica a dica!:)

      Excluir
  20. Achei teus comentários idiotas, e pelo contrário, tu é que deve ter ido num dia de chuva e se deu mal !!! Aliás fui super bem tratado e os empregados, pq funcionários são aquelas pessoas que possuem cargo público, me trataram muitíssimo bem ... Você deve ser mais um daqueles brasileiros com o conceito de rixa entre Brasil e Argentina e posta coisas ofensivas ... Se já sabia que era assim então porque foi pra lá ... Para criar polêmica e obter comentários com o fito de abastar um pouco dessa sua solidão ou carência pessoal ?? E desculpe os argentinos são bem legais e sabem conversar, ao contrário de ti que não passa de um frustrado e que só fala inverdades !!! Peço a fineza de não me responder, porque não quero perder mais meu tempo contigo , e que com certeza irá escrever alguma bobagem enorme com o objetivo de ficar discutindo por coisas que surgiram de sua mente transtornada. E ahhh, os animais não são magros ou tu é veterinário para aferir tal situação ... Existe mais de um lugar para comer por lá, e as sucatas como disse, são peças de um colecionador e que infelizmente não existem peças no mundo que o ajudem para restaurar porque aqueles que estão em bom estado é porque foram restaurados. Logo não fale o que não sabe !! Fica a dica !!

    ResponderExcluir
  21. Peloamordedeus gente, vocês que estão comentando defendendo esta barbárie, são muito fáceis de enganar, não é mesmo? "A guia falou isso", "No site do Lujan está escrito assado"... caramba!!! É claro que divulgam informações falsas, afinal, turistas conscientes dessa maldade não iriam ao lugar!!! Acordem!!! Eu estive lá e o que vi foram funcionarios dando uma mamadeira para os tigres que, logo em seguida, caíam para o lado visivelmente dopados... perguntei o que tinha na mamadeira e desconversaram... fui embora em seguida, compadecida e espalho para os amigos a maldade que fazem naquele lugar... vocês são mesmo tão ingênuos e não viram tais detalhes? PAREM DE DEFENDER O INDEFENSÁVEL!!!

    ResponderExcluir
  22. Não são dopados mas sofrem um tipo de lobotomia (ainda pior). Ouvi isso de uma "tratadora". Ou seja, o fim do mundo da crueldade!!!!!

    ResponderExcluir
  23. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  24. O rogerio raffs achou o textinho que ele escreveu tão bom que copiou e colou como resposta a comentários diversas vezes... parabéns.

    ResponderExcluir
  25. Não concordo muito, mas cada um tem sua opnião. Só um detalhe: Lujan é uma Cidade de Buenos Aires, seria como uma Santos de SP ou Niterói do RJ. Buenos Aires tem seu próprio zoo assim como Lujan tem o seu. Só corrija o texto para os demais não se confundirem.

    ResponderExcluir
  26. Pra quem acha que felinos não são capazes de conviver em harmonia com humanos, vejam esse vídeo institucional da câmera GoPro: http://m.youtube.com/watch?v=MNCzSfv4hX8

    Decidi não ir ao zoológico de Lujan por uma questão de posicionamento filosófico, mas entendo que os animais abandonados não têm condições de retornar ao ambiente selvagem, logo a única alternativa para eles é a vida em cativeiro. Se essa vida será financiada (parcialmente ou integralmente) por turistas e gerará lucro para entidades privadas ou se será financiada pela sociedade e gerará despesa "operacional" para o Estado, esse sim é um tema a ser debatido. Outra questão é se esse tipo de "negócio", digo criação de animais em cativeiro, deve ser deve ser aberto à sociedade em forma de zoológicos ou instituições similares. Tirando essas questões densas (e para alguns chatas), o que posso dizer na prática é que todos os meus oito amigos que foram ao zoo gostaram da experiência e não perceberam maus tratos.

    Saudações cordiais,
    Fabio.

    ResponderExcluir
  27. Assista ao documentário Black Fish e repense tb sua ida ao SeaWorld e outros parques que utilizam baleias como atração turística.
    O que eles fazem com esses animais me arrancou lágrimas e é mais um "passeio" amplamente divulgado que cortei da minha lista.

    ResponderExcluir
  28. Gracias a Deus quem chega até lá com Las Superguias, compreende todo perfeitamente... E nao falam bobadas..!!

    ResponderExcluir
  29. Eu fui, interagi com tigres bem animados.(para meu espanto) vi leaozinhos crescendo com cachorros... Não identifiquei nada do texto... animais tem abtos noturnos mesmo... eu voltaria la...

    ResponderExcluir
  30. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  31. você faz um post falando de algo em que você não foi la para conferir? (perigo hein)... Se baseia em que para falar que animais são dopados, passam fome e são maltratados? tem fontes ou videos para provar esse fatos? se tiver algo por favor poste, falar mal de coisas em que nunca vivenciou é muito feio.
    e outra tem muitos comentários falando que lugar de animal é na selva, mas se esquecem de que são animais também.. Por que que não volta pra selva também? rsrs.. extremistas de merda ;D

    ResponderExcluir
  32. Eu só gostaria de postar alguns vídeos e perguntar se estes também são dopados...
    http://andreasantis.wordpress.com/2009/03/13/kevin-richardson-e-seus-leoes/
    http://www.youtube.com/watch?v=7cpsX5GezrM
    http://www.youtube.com/watch?v=xJqIK-JDZbM

    O típico "Não fui e não recomendo". AFF
    Se soubesse UM POUQUINHO sobre animais saberia que animais dopados têm pupilas dilatadas, não respondem a reflexos e não correm, nem brincam, como é em Lujan.
    Eles são criados com cachorros. E pensam e agem como cachorros.
    Não vi nada do que foi relatado no texto.
    O tal do ferro velho a que se refere, é uma exposção de carros antigos e máquinas de fazenda utilizadas em outras décadas, todos devidamente emplacados e com seu texto de referência.
    Este senhor deve achar muito melhor os animais dos zoológico espalhados por aí, todos presos, enjaulados, sem contato nem com outros animais nem com humanos.
    Animais felizes correm, rugem, brincam, como os que vi em Lujan.
    Nunca vi tratadores que ficassem tão agarrados com os animais, a todo tempo os beijavam e brincavam com eles. Em nenhum momento vi baterem ou assustarem, nada, tudo com carinho.
    Realmente, deve haver algo pra que tenha sido escrito um texto desses. Talvez algum concorrente?
    E pelo amor, PENSEM 3 segundos: Alguém acha que se houvesse realmente algo contra a lei ou de maltratos, com tantas denúncias infundadas, qualquer ONG ou defenssores dos animais, Ambientalistas, já não teriam intervindo?
    Há vários veterinarios, várias entidades que vão lá e os visitam e nunca encontraram nada.
    Pesquisem antes de escrever uma coisa dessas na internet e propagar mentiras.

    Eu AMO animais, ajudo mais de 5 ONGs de proteção. Sou contra zoológicos justamente pela prisão que os remetem. Mas os animais de lá são resgatados de mal tratos ou já nascem lá. Não sobreviveriam na selva.

    AH, isso é mais uma prova que são bem tratados. Se entendesse um pouquinho de animais saberia que eles só se reproduzem se estiverem sendo bem tratados. E quando fui, tinha uma ninhada de 4 leõezinhos. Sabe qual a probabilidade de uma ninhada tão grande em cativeiro??? Pesquise!!!

    ResponderExcluir
  33. Eu sou totalmente contra maus tratos. Mas, desta vez, farei o papel de advogado do diabo e vou dar a minha opinião: achei o texto muito tendencioso e negativo.
    Estive lá em BsAs em agosto de 2013, pela 2ª vez, doido para conhecer o tal Zoo.
    Vi animais super bem cuidados, nenhum estava magro. Vi os tratadores tratando-os com muito carinho (principalmente o rapaz que cuida das araras. Parecia até que eram filhos dele). Ficamos emocionados!
    Percebi um cuidado em não cansar os bichos, com trocas de turnos e não tive problemas com banheiros ou praça de alimentação.
    Se a origem deles foi o circo, eu já não sei. O que sei, é que conheci a história, o porquê da introdução de cães nas jaulas, a psicologia por trás do tratamento e, pasmem: mesmo os filhotinhos de cachorros que nascem lá, estavam sendo tratados com um aquecedor bem de pertinho, para que eles não sentissem frio.
    Todo mundo tem problemas com viagens, seja no aeroporto, em algum restaurante ou em algum hotel. Só não acho certo empurrar a opinião pessoal pela goela dos outros à força.
    Mais uma vez, achei a matéria muito exagerada e tendenciosa.

    ResponderExcluir
  34. Sinceramente o autor desse texto foi muito infeliz em diversos comentários já que no início mesmo diz que junca foi ao zoológico de lujan! Eu fui e concordo q falta infraestrutura no local, mas não deixa de ser sensacional o fato de vc poder ficar perto dos animais então não me importo se estou na lama...vá para um shopping então! Não sei lhes dizer se os animais são dopados ou não, pois quando cheguei todks estavam bem acesos, os tigres brancos correndo e brincando com bola de futebol e os cachorros, teve briga entre os tigres amarelos bem na hora em que entrávamos na jaula deles e tudo mais...o Leão estava super sonado e me disseram q é pq ele é muito velho, mas vai saber né? ! Acho que muitq coisa poderia mudar sim naquele local e na própria Buenos Aires que está decadente, mas seu texto, meu querido autor, foi muito infeliz nos comentários e no uso das palavras. ..vc não tem base alguma para escrever oq escreveu e a única coisa que me passou quando li seu texto é que vc é uma pessoa raivosinha que fala sem saber!

    ResponderExcluir
  35. Olha, concordo com a maior parte do texto. O que fazem com os animais lá é surreal. Quando fui não percebi direito, mas depois me informei sobre e só fiquei muito chocada.
    Acontece que você não pode dizer que provavelmente os animais foram comprados de um circo clandestino pq vc não sabe. O lugar não é abandonado, é um grande campo em que lhamas ficam soltas, a praça de alimentação não é suja, e os "carros velhos em pessimo estado" são pq são carros antigos, colecionados pelo dono do zoologico, e é lógico que estarão em péssimo estado, já que foram carros de guerra e são de fato muito velhos. Eles não ficam no mesmo lugares que os animais. "Fica ruim quando chove", nossa, sério?! O que você queria, chão de cimento para não ficar com lama quando chovesse? ¬¬
    De qualquer forma, concordo com a parte que você fala dos animais, pq de fato é cruel e não devemos dar dinheiro para isso.

    ResponderExcluir
  36. Eu fui no zoológico em março do ano passado, realmente eu fiquei chocada com o nível de "chapado" que alguns animais estavam, principalmente o leão. Mas eu acho que o sua matéria na verdade foi uma resposta impressionável a algo que te relataram, porque embora você use o maltrato dos animais como motivo os seus maiores argumentos são coisas banais como "fica muito longe da cidade" e "Fica com lama quando chove", então eu acho que talvez VOCÊ não goste da ideia do lugar, um lugar simples, afastado, que não seja tão chique quanto as cafeterias de Buenos Aires... O tal restaurante que você reclamou? A comida lá é muito gostosa e barata, a carne é estilo Outback. Enquanto pagávamos a conta uma Tigresa Branca Asiática entrou com o treinador e fez um show para as pessoas no restaurante, bebeu leite da minha mão, deitou abraçada comigo e etc. Eu andei em um dromedário bem agitado, dei bife pra filhote de tigre e fruta para um elefante, brinquei de bolinha com filhote de leão... Então realmente pra mim é bem dificil dizer que não tem nada pra fazer lá e que os animais estão todos dormindo.
    A questão das fotos é a maior mentira que você poderia dizer, eles perguntam quando você entra no zoológico se vai querer a cobertura de fotos, é só dizer não e tirar as suas próprias. Quantas você quiser!
    Eu achei fantástico sair da cidade e conhecer Buenos Aires de verdade, passamos na cidade de San Lujan que tem um dos centros mais bonitos que eu já vi, com uma arquitetura perfeita. Foi legal ver o campo e ver como é Buenos Aires fora dos lugares bombados...
    Mas concordo que alguns animais realmente são dopados demais e que deveria haver uma vigilancia disso pelas instituições competentes

    ResponderExcluir
  37. Eu não concordo. Eu entrei nas jaulas fiquei bastante tempo, e eles não pareciam dopados, principalmente os tigres que brincavam normalmente.
    Foi um passeio muito legal para mim.

    Mas cada um tem um opinião diferente.

    ResponderExcluir
  38. Fui e NÃO recomendo...sem mencionar distância, estrutura, serviço, etc, mas falando somente pelos animais, eu não voltaria lá.
    Na minha opinião, os felinos adultos são dopados pois vi os tratadores dando mamadeiras o tempo todo ao bichos...eles ficavam deitados, quase imoveis e nao respondiam aos estimulos que eram muitos (entra e sai de pessoas, fila enorme cheia de gente, crianças, falatório).
    Já não gosto da ideia de exploracao animal nos zoologicos, mas fui pessoalmente para formar minha opinião.

    ResponderExcluir
  39. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  40. Texto ridículo e sensacionalista, o Zoológico de fato tem algumas coisas ruins principalmente a infra-estrutura e deveria sim ser melhorada mas discordo que os animais são mal tratados e dopados, felinos dormem por natureza a maior parte do dia, animais dopados apresentam características completamente diferentes do que é visto no Zoo de Lujan, além de que do contrário que muitos pensam dopar um animal causa stress deixando-os agressivos e doentes com o tempo o que de fato também não vi por la, vi animais bem ativos e muito dóceis, o contrário do que se apresenta no texto. Você pode ser contra mau-tratos de animais, todos nós somos agora isso não justifica falar um monte de besteira sem embasamento com argumentos que a prima, do amigo, da sua avó contou pra você, a experiência proporcionada pelo zoológico é incrível mas assim como todo animal doméstico ou de cativeiro, ficam presos o que não qualifica maus-tratos. Você poder ter uma experiência como essa ou pagar por ela não significa ser coadjuvante com o mau-trato de animais, por isso seu texto além de chucro e sensacionalista não está ajudando em nada em termos de preservação ambiental e conscientização.

    ResponderExcluir
  41. Discordo de ABSOLUTAMENTE tudo o que li nesse post! O que me deixa feliz é ler comentários parecidos com o meu ponto de vista. Se entendi bem, quem escreve esse post NEM MESMO ESTEVE LÁ?!?! Então, uma breve sugestão: VÁ!!! Mas antes, (se vc for do RJ) passe primeiro no zoo da quinta da boa vista para poder traçar um comparativo real do que são MAUS TRATOS e abandono aos animais!

    Estive lá em Lujan em 2013 e posso dizer que foi o ponto mais alto da minha viagem à Buenos Aires! AMEI poder ter contato de tão perto com esses animais. Me arrependo apenas de ter ido no meio de um feriado e o zoo estar MTO cheio.. E reforço, mesmo com filas enormes, não fui destratada por nenhum funcionário. (e pode deixar, quando meu $ permitir vou sim seguir sua sugestão e ir à Africa..)

    Lá em Lujan, além de organizados, achei inteligentes as formas de "ganhar dinheiro dos turistas", como o formato dos fotógrafos profissionais em todas as jaulas e vender "melados" para alimentar os ursos.. Qt as fotos, por mais q a gente tire fotinhos com o celular, as deles ficam SEMPRE muito melhores.. e ai, é claro que você compra todas ao sair! E estão certos, compra quem quer e é a forma de lucrar e manter o local. Quanto aos carros "abandonados", tratam-se de uma coleção do dono do local, que é fã de carros antigos e possui vários, como partes de locomotivas antigas, tanques de guerra, além de carros antigos.. explicações que se a sua amiga tivesse ido com um guia do local saberia, inclusive a história de cada um (como não me interessei por essa parte, não sei dizer bem). Além disso, ao ir de BuA até Lujan fui numa van que passou um videozinho sobre toda a história do zoo e como os animais são criados desde o nascimento em contato com humanos. Mostrou o dono do zoo ajudando uma leoa a parir os filhotes e se algum de vocês tem algum contato com animais domésticos, sabem a diferença de um cão "brabo" que JAMAIS morderia seu dono. Infelizmente não posso GARANTIR q eles não são dopados.. mas sinceramente gosto de acreditar que não. Mas como visitante, posso assegurar que não vi NENHUM sinal de maus tratos.

    como tb explicaram no tour, estes são animais de hábitos de caça noturna então durante o dia, além de alimentados O TEMPO todo - bem diferente do que vi no zoo do BR em que os animais aparentam total desnutrição, notei que eles são trocados o tempo todo para que não fiquem estressados e liberados para um espaço bem maior do que a jaula pequena a que se referiu. Local em que fazem a digestão e se exercitam de forma correta! E os que ficam para exposição - na boa - me coloquei no lugar deles: deve ser um TÉDIO ficar posando pra foto com um milhão de bobões como nós, que ficam alisando-os e tirando fotos.. por isso aquele jeitão preguiçoso deles (além de super saciados!). AMEIII td lá, voltarei em breve!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "como tb explicaram no tour, estes são animais de hábitos de caça noturna então durante o dia, além de alimentados O TEMPO todo - bem diferente do que vi no zoo do BR em que os animais aparentam total desnutrição" Percebe-se que você entende bastante de manejo e nutrição animal, né, Lully? Pelo visto você é uma veterinária formada que já trabalhou em zoos aqui no Brasil, pra ter propriedade de falar mal das instituições que quase tiram do próprio bolso o dinheiro para compra de rações e alimentos ricos em nutrientes e que pessoas como VOCÊ não dão o mínimo valor, só pra uma fazenda fudida que ganha rios de dinheiro de brasileiro (quem será que vai lá ficar tirando foto pra postar em facebook, adivinha?). Então me diga, um leão sedentário, visto que ele não está lá na savana, onde ele, pelo menos à noite, como os espertinhos especialistas em felídeos aqui falaram, é ativo, sendo alimentado O TEMPO TODO: como fazer para evitar a obesidade e possíveis problemas renais dele?

      Excluir
  42. Eu acho que o Zoo poderia sofrer uma investigação oficial de algum órgão público da Argentina. VEJAM ESSE VÍDEO e me confirmem se os animais estão normais, por favor.
    O animal tá caindo pelas tabelas.

    Ou ele encheu a cara no dia anterior, foi dormir lá pelas 6 da manhã como natural dos argentinos ou ele estava de brincadeira com os turistas. Deve ser, né? #not

    http://www.youtube.com/watch?v=kM41iXQZS9Q

    ResponderExcluir
  43. As pessoas de uma forma geral são desinformadas, não sabem nem ao mesmos qual era a ideia inicial de se ter zoo, e só uma pessoa muito ingênua pode acreditar que se entraria na jaula de um leão sem ele estar dopado né fala sério.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. http://www.youtube.com/watch?v=qkjBoP9P1OA Nossa o Kevin richardson então é bem ingênuo ... Se o animal for bem treinado ele pode viver normalmente com humanos ... http://www.youtube.com/watch?v=g7rZTZBOrqQ
      http://www.youtube.com/watch?v=DhBjOpwfbNI

      Excluir
    2. http://www.youtube.com/watch?v=Y2F2aFjOj60

      Excluir
  44. Que estranho, não vi nada disso que o autor comentou quando visitei o ZOO.

    ResponderExcluir
  45. Eu fui em janeiro e não vi nada disso. Pelo contrário. Vi um cuidador entrar na jaula dos 3 tigres que estavam bem alertas, rugiam mto. Os 3 animais correram em sua direção e começaram a lamber como um cachorro. Achei inacreditável. Uma experiência e tanto. Logo em seguida entrei para vê - lo de perto e tirar fotos. Super dócil. Acordadissemo! Os funcionários legais, se ofereciam para tirar as fotos da família. Enfim, experiência mto show. O dinheiro da entrada é utilizado para alimentação e manutenção do zôo. Gente, é uma fazenda, os animais não tem onde caçar. Como vocês acham que alimentam esses animais? Por osmose? Afff... Eu recomendo.

    ResponderExcluir
  46. Texto errôneo com falta de provas e informações, antes de criticar dessa forma faca uma pesquisa decente.

    ResponderExcluir
  47. Nunca li tanta bobagem e hipocrisia juntos. Mas cada um com sua opinião né, fazer o q...

    ResponderExcluir
  48. seu post é de uma irresponsabilidade absurda. quer posar de defensoras dos animais, mas não se informa pra entender o real trabalho de proteção e cuidado que o zoo de Lujan faz há anos com animais que estariam mortos não fosse por ele.
    vamos aproveitar seu texto e refletir sobre os limites das opiniões sem embasamento e carregadas de preconceito.

    ResponderExcluir
  49. já começa o texto falando que não foi e que contou com o relato de alguém...
    deplorável pela intensão de ser mais sensacionalista do que o proprio zoo
    guarda pra vc e nao vai a lugar nenhum mesmo pra vc o que todo mundo faz.

    ResponderExcluir
  50. Sou contra qualquer tipo de Zoológico com Jaulas, animais devem viver interagindo com seu habitat natural. Se liguem , vocês que amam seus cachorrinhos, por que os outros animais não são dignos desse amor também? .... Consciousness ;)

    ResponderExcluir
  51. Aline, ou seja quem lá que escreveu esse texto, concordo com todas as pessoas acima a respeito do exagero e sensacionalismo contido no texto. Muito feio denegrir a imagem do zoológico desse jeito, difamar e acusar de dopar os animais. Os animais não são dopados! E maus tratos?! Você acha que um leão passando por todos os maus tratos que você mencionou, teria condições psicológicas de ser acariciado por centenas de pessoas por dia sem causar nenhum acidente? Por favor, apague esse post e poupe o zoológico de toda essa ignorância.

    ResponderExcluir
  52. Só esclarecendo, o Zoo de Buenos Aires fica em outro lugar, não tem relação nenhuma com o Zoo de Lujan, e lá o tratamento dos animais é adequado, o lugar é bem cuidado...

    ResponderExcluir
  53. Ansiosa pela próxima opnião sua sobre o lugar que vc não foi e não vai e estará se baseando na opnião de terceiros e também no que você imagina enquanto te contam a experiência. Nunca vim até seu blog e agora não volto (ansiosa porra nenhuma). Já fui a Lojan, vou guardar minha opnião pois já tem muitos comentário bacanas aqui relatando como é lá de verdade. Apenas me senti triste por que é desagradavel ver "alguém" em cativeiro. Interessante ver como você foi fundo ao imaginar um ferro velho! Poxa, sai do computador e vai ter suas experiências, crie suas opniões baseando-se em seu contato com um mundo. Vergonha alheia pelo o que você tentou fazer neste texto sem fonte e sem provas.

    ResponderExcluir
  54. Discordo completamente deste texto, pois, vi animais bem tratados, sadios, calmos e não dopados, não era permitido pegar os animais no colo, nem os filhotes....em termos de infra-estrutura, pode melhorar.... mas é muito melhor que o do Rio de Janeiro - RJ....no caso de animais trancafiados, sou contra realmente, mas teria que fechar todos os Zoológicos no mundo e proibir ter animais de estimação em apartamentos e casas sem terreno para cria-los.......finalizo dizendo, que acho melhor os brasileiros se preocupar com suas praias poluídas, falta de educação, saúde precária, reservas florestas sendo destruídas, cultura fraca, corruptos, desvio de verbas públicas, inflação, impostos mais altos do mundo (além de pagar por fora por saúde, educação, etc....) e etc, etc, etc,etc,etc,etc,etc,etc,etc,.......................................................................................................................................................................................................................................................................................................................

    ResponderExcluir
  55. Concordo plenamente com o texto. Vivi em Buenos Aires por quase um ano e nunca fui ao "zoo" de Lujan justamente por ter essa ideia desse lugar.

    Ao inves de ir em Lujan, fui duas vezes no Temaiken... esse sim eh um zoologico, ou melhor um parque muito organizado e preocupado com os animais e conservacao.

    Voce poderia ter citado esse parque no texto.

    ResponderExcluir
  56. Achei esse post sensacionalista, pois eu estive lá e achei que os animais são bem tratados. O zoo começou abrigando animais abandonados depois que foi proibida a exibição deles nos circos da Argentina. Abriga, inclusive, animais de outros países que foram abandonados. Os felinos não são ativos durante o dia, são animais de hábitos noturnos. Não vi sinal de uso de tranquilizantes, e há um rodízio entre os animais com que os turistas interagem para que não fiquem estressados. Há muitos animais lá, acredito que uns 10 leões, 20 tigres, no mínimo. E apenas alguns são selecionados para interagir com os turistas. Não ensinam truques, não dão ordens verbais ou gestuais e nem obrigam os animais a fazer algo em troca de petiscos (como acontece em lugares como os EUA, por exemplo). No zoo de Brasília os animais são pele e osso e ninguém liga.

    ResponderExcluir
  57. Poderiamos enjaular as nossas maes e cobrar pra tirar fotos e para turistas verem quem sao os verdadeiros animais...bem tratados ou nao , forma de vida alguma tem de ser presa..quem inventou isso foi o homem e o maior de todos deu a liberdade a todos seres viventes....humanos o cancer do nosso planeta

    ResponderExcluir
  58. O texto é muito interessante, mas para mim, perdeu um pouco a razão de ser politicamente correto quando você fala mal dos argentinos; justamente ao criticar um comportamento "maria-vai-com-as-outras", e você apresenta uma conclusão tao pobre!

    A Argentina não é só Buenos Aires - uma pena de quem acredita nisso e nao consegue ver a riqueza de Ushuaia e Tierra del Fuego, ou ainda deliciar-se em Mendoza, por exemplo - com certeza, o zoo de Luján também não pode ser citado como um ícone, mas pessoas que prejudicam a imagem de um país tem aos montes, inclusive nós, brasileiros.

    Achamos que somos o povo mais receptivo, mas somos estremamente mal-educados; achamos que temos a beleza natural mais perfeita do mundo, porém sujamos nossas ruas, praias e áreas florestais como ninguém!

    Quem somos nós, independente da nacionalidade, para julgarmos o vizinho, quando nós mesmos somos tão hipócritas de cometer os mesmos erros?!

    ResponderExcluir
  59. Não há zumbis em Breaking Bad.
    Isso já demonstra a tendência da autora de falar do que não conhece.

    ResponderExcluir
  60. Zoo pra mim é cadeia, já ouvi dizer que o zoo de Lujan está passando por sérios problemas judiciais por maltratos com os animais. Mas provavelmente este texto foi escrito por uma pessoa que nao conhece o lugar, os "carros velhos" citados sao parte de uma colecao incrível de carros antigos.
    Mas de qualquer forma o texto mostra um ponto de vista pessoal, e é valido, mas pra mim ia bem até ler isso: "ter uma conversa amistosa com os chatinhos dos argentinos"...
    Ou seja...a xenofobia tá liberada?

    ResponderExcluir
  61. Pelo visto o autor nunca foi em zoológico nenhum.

    ResponderExcluir
  62. Não conheço esse zoológico, mas conheço o Bioparque Temaiken, que fica aproximadamente 1:30 h do Centro. Lá os animais ficam em áreas grandes, organizadas, limpas e bonitas. É um conceito diferente de Zoo, em muitos ambientes quem fica enjaulado é o visitante. Fica a dica!

    ResponderExcluir
  63. Assim como a pessoa que escreveu esse texto, eu costumo ser bem tolerante. Mas aí a gente vê algo assim e não consegue se calar. Como no próprio texto diz, a pessoa que o escreveu nem sequer chegou a ir à esse lugar. Está tomando como dela palavras de outras pessoas, que obviamente, sempre são muito aumentadas. O que posso dizer? Fazem dois anos que fui ao Zoo de Luján, muita coisa pode ter mudado, mas pela minha experiência, não da pra dizer que um zoológico com uma entrada tão barata estivesse visando lucros. Conversei com vários cuidadores e passei horas brincando com os filhotes de leão e em nenhum momento alguém me tratou mal ou disse para ser rápida e só tirar uma foto. Pelo contrário, eles gostavam que nos alimentássemos os animais, que déssemos carinho à eles, por quanto tempo quiséssemos. Sobre a história dos animais serem dopados, pode até ser que de noite eles tomem alguma coisa, mas durante o dia é visível que eles são alimentados o tempo inteiro, tanto com leite (que foi aberto na minha frente, um leite de saquinho, assim como os que tomamos, e até oferecido para que comprovássemos que não havia nada de diferente) como com pedaços de carne. E sobre a atividade física, se isso conta, vi os cuidadores fazendo caminhada com os leões e os tigres. Como eu disse anteriormente, isso foi há 2 anos e as coisas podem ter mudado, já que o passeio virou extremamente turístico, mas enfim, assim como alguns tiveram experiências negativas, outros tiveram experiências positivas e a minha foi uma delas. Então já que é pra falar o que acha e os outros levarem isso como verdade sem nem ao menos se interessarem em ler em outros lugares, que leiam as coisas boas também (ou visitem o lugar) e tirem suas próprias conclusões.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Status: lendo o texto de novo e achando lindo essa xenofobia contra os argentinos que nos recebem tão bem ao seu país e mais ainda o autor descrever aquela coleção de carros incríveis como "ferro velho"…….

      Excluir
  64. desculpa, mais antes de publicar uma coisa, pesquise, não pode falar, postear sem conhecimento prévio, além disso, que é isso de dizer ' conversa amistosa com os chatinhos dos argentinos", além de ignorante, faz discriminação?

    ResponderExcluir
  65. Fiquei meio indignada com as coisas que li nesse texto.. então resolvi contar a minha experiência no Zoo! Que foi uma das mais incríveis que eu e meu namorado já tivemos!
    Escrever um texto desse, sem ao menos ter ido ao Zoo, e baseado na experiência de outra pessoa? Me ajuda aí!
    Quando fui ao Zoo, em época de temporada, foi super tranquilo, sem filas exageradas, os animais estavam super bem tratados e os cachorros super bem tratados também! Os animais não estavam dopados, pelo contrário, ficavam andando pra la e pra cá! E é normal eles dormirem muito porque são felinos!!!!! Não achei as instalações ruins, tão pouco a lanchonete (quer variedade vai pro shopping, lá tem um tanto de opções de restaurante! =])! Os tratadores são super gentis, conversamos com eles por horas!! E eles tiraram fotos com as nossas máquinas com a maior boa vontade, sem cobrar nada!! Pode tirar foto de tudo! a única que é cobrada é com as araras, cobras e lagarto! e você paga se quiser correto? O valor de entrada não achei exagerado, mesmo porque eles precisam de alguma renda pra manter o lugar funcionando né? Quando chove, lógico que vai ter lama! o lugar é uma fazenda!!! não da pra entender como que uma pessoa escreve um comentário desses..
    Então não vamos generalizar, pois cada um tem um ponto de vista e uma experiencia diferente no Zoo. Mas antes de escrever esse tipo de coisa difamando o lugar, vai la pra ver primeiro! Garanto que seu texto vai ter mais credibilidade e muita coisa que você escreveu, você vai mudar.

    ResponderExcluir
  66. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  67. Tive uma impressão totalmente diferente quando fui lá, em 2012. Os animais estavam muito bem tratados, bem alimentados, em jaulas limpas e espaçosas. Tem um vídeo bem legal mostrando todo o processo de como é feita a socialização destes animais, que nascem lá.. http://migre.me/ijfrU Vale a pena assistir! Eu também sou contra 'roubarmos' animais de seu habitat natural, só pra entreter humanos... ainda mais com tantos absurdos de maus tratos e más condições que vemos por aí... mas temos que cuidar com sensacionalismos! Tem muitos absurdos nesse texto: Por exemplo, esses 'carros antigos em péssimo estado de conservação' que diz no texto, são 'carros antigos, da coleção do dono do local (que é particular) e fazem parte de uma exposição! Estão propositadamente lá, para quem tem interesse por este assunto!!! Outra coisa: tem animais provenientes de circo sim.. mas eles são RESGATADOS dos maus tratos que sofriam no circo, para viverem em paz e receberem cuidados e bom tratamento neste local! Além disso, na natureza esses animais estão correndo riscos de extinção.. e lugares como esse são muito importante para a preservação dessas espécies. Pode ser que tenha mudado, pois eu fui em 2012 e na época o local era bem desconhecido.. uma coisa eu concordo 100%: se começar a ficar muito popular, as visitas diárias deveriam ser limitadas, pois logicamente vai virar um caos para os animais. Quando eu fui, o local estava tranquilo, com poucos visitantes, e os animais estavam bem sossegados.

    ResponderExcluir
  68. "Vai para um safári na África do Sul ou procure algum dos parques da Flórida!" HAHAHAHA SANTA IGNORÂNCIA! Na Flórida pelo menos vai ter um banheiro limpo, restaurante e não vai ter lama né? Você quer ter conforto ou ter contato com animais? Os animais da Flórida são muito mais vítimas, porque a maioria deles são retirados do seu meio natural, da natureza. Enquanto os de Lujan foram retirados já de cativeiros piores e hoje em dia eles até exportam animais filhotes para a África, o que é ótimo, porque várias espécies de felinos estão super ameaçadas. Me mostra um animal magro de Lujan! Não há. E a reprodução deles é ótima lá. Logo não há isso de ser mal tratado. Todo mundo sabe que animal em cativeiro quando não cuidado tem dificuldade em se reproduzir. Quanto a fazer um safari na África, também não tem nada de bonito. Muitos inclusive permitem que você ATIRE no animal !!!! Se você não encontrou a infra-estrutura que queria para você no local, vá para um shopping ou fazer qualquer outra coisa. O sorvete Freddo de dulce de leche e as empanadas você acha que são feitas com o que cara pálida ??? Nenhum animal precisou ser sacrificado pra você poder se empanturrar né ?? Falou a mais preocupada com animais !! Animais não podem ser usados para entretenimento mas podem pra sua vaidade e gula ?? AHAM, senta lá. E você pode sim tirar suas próprias fotos lá e não precisa comprar as do local. Se eles fossem tão cruéis e só pensassem em dinheiro eles poderiam muito bem proibir fotos particulares mas não o fazem.

    ResponderExcluir
  69. Nunca fui a este zoológico, mas quando me disseram que era possível tão interação, eu imaginei exatamente isso que foi exposto aqui, isto é, um bando de gente besta pagando para ver barbaridades e se gabando disso. Incrível a capacidade que "certos" humanos tem para comprar babaquices.

    ResponderExcluir
  70. Sim Buenos Aires é uma cidade que tem trocentas atrações turísticas, Ótima cidade. E em breve o Oligera esta por la também.

    ResponderExcluir
  71. Eu achei um texto carregado de preconceito. A descrição da Argentina (em especial de Buenos Aires), toda cheia de bairrismos, já deixou claro a antipatia latente que a autora tem por aquele país que eu gosto muito, por sinal. Afora a falta de conhecimento dela. Resumiu tudo o que se pode ver em Buenos Aires a 3 dias (passei onze e achei pouco da vez mais recente. Quem não sabe ver deveria apenas assistir TV). Ela concluiu que os principais passeios são tomar sorvete ou comer, não soube diferenciar carro velho de carro antigo, isso de colecionador, mesmo, e por aí vai.
    Não posso dizer se os animais são dopados, mas ongs afirmam que não são, assim como a sociedade veterinária de lá. Posso até achar estranho, mas me falta conhecimento técnico pra concretizar em julgado como ela o fez.
    Aqueles que dizem que não irão porque "imaginam" que lá os bichos são dopados, são da mesma espécie de estrangeiros que chegam ao Brasil esperando que todas as mulheres andam de fio dental e topless na rua. Desinformação é o mal do homem.

    ResponderExcluir
  72. Estive no zoo de Lujan em 2007, muito antes dele se tornar essa atração turística toda, realmente ao chegar observei que era um local simples. Mas claro, era pouquissimo divulgado, poucas pessoas visitavam, e ao contrário do que o texto diz, era super organizado mesmo sendo simples, não tinha fila nenhuma, até pq tinha poucas pessoas visitando, entrava no máximo na jaula 5 pessoas por vez, criança só podiam entrar em algumas, e além disso tinhamos um "guia"do zoo que nos acompanhava em todas as jaulas e explicava tudo sobre os animais, ele tirava as nossas fotos com a nossa máquina e nada era cobrado. Ficávamos horas dentro das jaulas sem ninguém nos apressar, podia dar leite para os animais, todos estavam sempre acordados, pareciam sonolentos, mas não dopados como nessa foto, inclusive tenho uma foto maravilhosa com esse leão super atento e acordado. Enfim, não concordo com o texto pq não foi o que vi e a experiência que tive quando visitei o zoologico. Mas pode ser q tenha se tornado algo do tipo pelo fato de terem muitas pessoas frequentando, se agora é assim, só tenho a lamentar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Marcinha: quando vc foi, no 2007 o leão da foto (Pablo) não existia ainda. Vc tem foto com o Alan com certeza.
      No 2007 o zoo tinha 20 leões, e hoje tem mais de 80...!! Só tinha 3 dromedários e hoje são 11..!! Umas 4 araras e hoje mais de 60 e um monte de ovinhos..! Esse é o sucesso deste Zoo. A maravilhosa reprodução que se consegue aqui...!! De todas as especies...!! Então, não é pela quantidade de visitantes, se não pela quantidade de animais felizes (se não, não se reproduzem, sabia isso..?). E se hoje há mais bichos, há mais jaulas para entrar. Claro que há mais visitantes, e é maravilhoso, porque agora, essas pessoas que tinham o sonho de acariciar seu animal preferido, conseguiram... Nao lamente, porque esto não é para uns poucos, é para todo aquele que deseje cumprir seus sonhos...!!! Há que fazer fila...? Sim, claro, como no Disney ou no Louvre (eu fiz 3 horas de fila para entrar..!!). Eu não tenho dinheiro para comprar esses quadros, então vou ter que fazer fila nos museus..., não acha...?
      Obrigada por seu comentário..!!
      (ahh, eu sou uma dessas "guias" do zoo..!!)

      Excluir
  73. Bom, assim como você darei minha opinião. Estive lá na semana passada, concordo em alguns pontos, mas discordo com a maioria. Primeiro: você esteve lá ou baseou-se apenas na opinião de uma segunda pessoa que esteve lá e achou o lugar mais horroroso do mundo? Parece que sim. Em relação aos animais, são bem cuidados, o zoo fecha dois dias (se não me engano) para que os animais sejam soltos, brinquem, ou seja, relaxem. Sobre o dia que chove vira uma lama mesmo, é terrão... Mas, o que você acha de passar um cimento lá para que as lhamas que ficam soltas, por exemplo, cozinhem em tempos de calor? Não só elas, claro! Pra esquentar geral! Aí sim, né? Eu fui e tinha lama, calcei um sapato adequado e ficou tudo certo (havia mulheres de salto, acredite). Outra, claro que terão filas, as pessoas ficam de pé, seria estanho se houvessem cadeiras de espera. Quando visitei o urso, por exemplo, ele foi descansar e veio outro, são tão domesticados que ele já sentou-se para comer. O lugar onde os dromedários ficam é enorme, grande mesmo. Sobre os carros velhos que ficam na entrada, são relíquias e acho que deveriam fazer um museu de carros, ônibus antigos, seria outra opção. Aliás, com tantos protetores de animais, não acha que se fosse esse zoo do terror ele já não estaria fechado? Melhor do que basear-se na opinião de uma pessoa é pesquisar a origem dos animais antes de emitir opinião, que de certa forma pode ser irresponsável. Antes de visitar o Zoo eu pesquisei e ainda pedi informações sobre o tratamento dos animais. Como não irá visitar, pelo menos informe-se.

    ResponderExcluir
  74. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  75. Baseado em que esse texto foi escrito, o co autor estava sentado em casa comendo pipoca né?! Só pode. Fui ao Zoo de Lujan no final do ano passado e não vi NADA do que esta descrito aqui. Os animais são muito bem tratados e de forma alguma são dopados, eles são distraídos com pedaços de carne ou leite e não com drogas. Sem falar que o ser que escreveu esse texto não deve ter ido lá pra ver como, REALMENTE É. Inclusive, eu e meu noivo ficamos horas na fila para entrar na jaula do Leão, mas eles avisaram que a jaula do leão estava suspensa para visitação porque o animal precisava descansar, pois estava tirando fotos o dia todo. Os animais nascem la e são tratados e criados junto com cachorros. O trabalho que eles fazem lá é demais! Esse texto é preconceituoso, difamatório e totalmente errôneo. Informe-se antes de divulgar qualquer informação!

    ResponderExcluir
  76. Nossa, nunca vi tanta asneira junta, acho que você deveria falar do que conhece e não do que te falaram. Tá querendo ser politicamente correta, mas tá na cara que só falou isso pra fazer efeito. Se a intensão fosse proteger os animais mesmo, vc seria contra os parques da Flórida tbm, pois a exploração é a mesma... Só que é na Flórida né?? Preconceito bobo. Perdeu a chance de se mostrar menos idiota.

    ResponderExcluir
  77. Concordo com todos que foram (assim como eu) e não viu nada disso que foi escrito. Texto sem base e acabou deixando o blog famoso em minutos com uma má fama. Eu se fosse autora deletaria logo esse post antes que traga mais problemas. Eu escreveria um bíblia como resposta ao texto, mas muitos como o Arthur e a veterinária já deixaram bem claro a situação. O texto é digno dos zoológicos da Tailândia e não de Lujan! Procure se informar melhor nos próximos posts!

    ResponderExcluir
  78. As pessoas têm o direito de errar por ignorância ao menos uma vez, sem a necessidade de ser chamadas de "sem noção", da mesma forma como você, que falou com tanta propriedade do tal "zoológico", também deve ter pago e enfrentado filas um dia pra ver os tais "animais zumbis".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pior, ela diz no texto que nem foi. como alguém escreve algo sobre o que não conhece?

      Excluir
  79. Acredito que eu não vi nenhum animal dopado no local nem maus tratos. Sim coisas podem melhorar mas não achei que é o circo de horrores que descreveram. Eu estive lá em um dia calmo, no meio da semana, pode ser que a infraestrutura não comporte muitos visitantes ou gere muitas filas quando tiver muita gente, fora isso minha opinião sobre o local é outra. Sim desconfiei da proposta do local e vi que eu estava sendo crítico demais antes de ir lá, mas não concordo com a matéria.

    ResponderExcluir
  80. Também vi os animais sendo alimentados o tempo todo, com carne de frango. Não pareciam estar passando privações alimentares. Quanto ao tamanho das jaulas poderiam ser maiores e nos tigres poderiam ter menos animais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carlos Vicente: se vc da licença vou explicar duas coisas. No Zoo de Lujan, cada felino adulto come no dia, 5 quilos de asas de frango e muito pouca carne. Na noite sim, são 10 quilos de carne cada um. Alem dos 10 litros de leite que adoram... Os filhotes até 2 anos, comem 80 % de frango e cada mês vão comendo um pouco mais de carne. De noite não comem; só esses 5 quilos por dia.
      Nao, não passam privações não, como bem vc diz...
      Em quanto ao tamanho das jaulas, não, amigo. Nao tem que ser maiores. Cada uma tem a relação exata entre o tamanho do bicho, a velocidade de seus movimentos, a velocidade que ele pode dar correndo, e a quantidade de animais que pode ter cada uma. Por isso sao mudados de jaulas quando crescem. Por isso vc viu só 2 ou 3 leões em uma jaula e 10 ou 12 tigres nas mais grandes. Os leões ficam deitados a maior parte do tempo, e os tigres precisam de caminhar muito mais. E gostam de brincar muito, coisa que os leões não. E há muitos porque adoram se fazer carinho entre eles. Na dos tigres tem que ter árvores. Na dos leões não precisa. Isso das medidas das jaulas é coisa de pessoas experimentadas, não é o que decida o dono. Só queria que vc conhecera esses detalhes, para que fique mais tranquilo.

      Excluir
  81. Todo mundo já disse o que eu vim dizer: você não conhece a realidade do Zoo. Estive lá e não vi quase nada do que você escreveu. Além disso, classificar os argentinos de "chatinhos" foi péssimo, bem como sugerir que as pessoas vão ao zoo só para tirar uma fotinha legal pro facebook. O contato com os animais é maravilhoso e com certeza eles não estão dopados.

    ResponderExcluir
  82. Eu fui adorei e voltaria numa próxima ocasião. Toda moeda tem dois lados, os bichos selvagens quando retirados de seu habitat natural dificilmente podem voltar ao seu "lar", eu não presenciei nenhum tipo de mal trato, não fiquei muito tempo na fila(não quer enfrentar filas não saia de casa), o lugar realmente é rústico sim, não seria uma maneira de aproximar os animais da natureza? outra coisas os argentinos são muito educados, a cidade de Bueno Aires é muito limpa por sinal, ao contrario de nossa capitais. A sim, lógico os parques temáticos dos EUA, são "bem melhores sim", quanto vc paga pra entrar em um deles, o valor que você paga pra entrar no ZOO de Lujan é uma merreca. Fica uma dica, aos invés de criticar os métodos da administração do ZOO, dê sugestão para melhorias. Tenha uma bom dia.

    ResponderExcluir
  83. Esto é para vc e para sua amiga Ed: quiza para a próxima vez, ela não queira poupar e contrate os serviços de Guias que expliquem todo, absolutamente todo. E então, quiza não vai falar tanta burrada, néh...? Graças a Deus há outros post que falam diferente do seu...
    http://www.travelto.com.br/izapelomundo/zoodelujan-buenosaires-argentina/
    Recomendo sua leitura e quiza aprenda a escrever melhor...
    E preste atenção nas fotos. Vamos ver se a Ed fiz algo de todo isso... Acho que não... kkk...

    ResponderExcluir
  84. "Ao invés de ir visitar "animais zumbis", vá encher a pança de sorvete Freddo de dulce de leche, se empanturrar de empanadas argentinas ou ter uma conversa amistosa com os chatinhos dos argentinos".

    Acho incoerente falar em comer carne e consumir leite invés de ir ao zoologico, já que isso é a mesma coisa. Animais são explorados da mesma forma ou pior.

    Mas sobre o resto do texto eu concordo ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso só mostra que ela está querendo aparecer, se quiser ser contra, tem que ser contra a todo e qualquer tipo de exploração animal. Do que adianta comprar uma briga por eles e com uma taça de sorvete na mão e um casaco de couro no guarda roupas??

      Excluir
  85. Fui ao Zoo Lujan em janeiro e adorei. A crítica foi feita sem um mínimo de conhecimento. Tudo passa por uma informação básica: os animais NÃO SÃO dopados. Se você achar que são, aí eu concordo que o programa passaria a ser uma conivência com a violência praticada. Só que não são. Eu poderia ter apenas acreditado no que me contaram, mas eu vi a reação de um tigre que estava deitadão e sonolento quando o tratador mexeu numa esteira que fazia as vezes de cortina na jaula: ele levantou rápido, deu dois passos de uns 4 metros cada e alçou voo para a grade, parando dependurado ao lado do tratador, como quem "falando" que gostou da entrada da luz. Tudo em menos de 3 segundos, numa agilidade felina perfeita (que, na hora, me deu um susto). E aquele mesmo animal estava deitado, largado, com carinha de sono, alguém poderia acreditar que estava dopado. Só que um animal dopado não faria o que ele fez. O "truque" para a docilidade dos animais é o seguinte: desde muito jovens, os grandes felinos são tratados por cadelas, que os criam como mães. Inclusive amamentando. Quem teve em casa a dupla cadela-filhotes, sabe que as crias brincam entre si, e com a mãe, às vezes com certa violência, dando pequenas mordidas e patadas. A mãe aceita, mas quando a força passa da medida, ela adverte com uma pequena mordida na pata ou na orelha. As cadelas de Lujan fazem exatamente isso com os filhotes de felinos. De modo que os filhotes aprendem o limite, e naturalmente "pensam" que são cachorros. Eu vi pessoalmente também a "bronca" que uma cadela (vira lata, pequena) deu em dois tigres de bengala adultos que estavam brincando de morder um ao outro, igual a filhotes, mas cuja brincadeira impedia a entrada de visitantes na jaula. A pequena cadela entrou no meio dos dois, deu dois latidos e cada um foi para um canto, rabo entre as pernas. Ora, isso não é reação de animais dopados, mas de animais condicionados desde muito jovens. Acrescente a isso que cada animal convive com humanos desde os primeiros dias, estão acostumados e não veem um humano como invasor. Ainda assim, são tomadas precauções e cada visitante é exaustivamente informado sobre que atitudes pode e deve tomar, e quais as que não. Outro fator é que todos os animais são ultra-alimentados. Isso, além de inibir qualquer ataque, deixa-os menos ativos, como cada um de nós fica pouco ativo de barriga cheia. Em uma das jaulas, com um tigre na mesma posição do leão aí da foto, eu me assustei: a minha esposa havia feito carinho nas costas dele, mas com a mão suave demais (não se deve suavizar demais, porque se ele pensa que é uma mosca, dá uma rabada, e a rabada pode machucar). Eu vim na sequência e fiz carinho da maneira que disseram ser correta. O tigre gostou e reagiu virando o corpo para trás. Ao girar, ficou com parte do corpo (um terço, talvez) fora da plataforma, e eu temi que ele caísse em mim. Portanto, os bichos não estão sem reação, dopados, bobocas. Eles estão alimentados e condicionados à presença humana. (continua)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. (complemento) Claro que um animal num zoo, qualquer zoo, não está nas condições ideiais que você os encontra na selva. Está fora do habitat, recebendo comida em vez de caçar, vivendo em jaulas. São as circunstâncias de um zoológico. Se bem que alguns animais de pequeno porte vivem soltos, como pavões, lhamas etc. Fora os limites conhecidos de ser um zoo, o que eu vi foram animais tratados com carinho, por gente que convive intensamente com eles. Não seria possível manter nenhum ser vivo dopado 100% do tempo. Se a questão fosse de exploração financeira, então seria burrice, porque um ser vivo dopado morre logo. Se você não dopa o tempo todo, o que impediria um animal do porte daqueles felinos (não são magros coisa nenhuma, muito pelo contrário) de atacar os tratadores? Há uma relação bem clara de carinho entre tratadores e animais. É um zoo privado, e é claro que o objetivo é lucrar. Se há um objetivo preservacionista, está no fato de que um contato próximo com os animais faz com que se forme um carinho entre visitantes e aquelas espécies. Eu não gostaria de ser um bicho de zoo nenhum, mas zoos existem e cumprem um papel. Não há desumanidade por lá, não que eu tenha visto. O fato é que quem manda no pedaço, de verdade, são as cadelas. Elas colocam moral na jaula. Vi uma, tadinha (isso sim, maldade) cujo corte do pelo imitava um pequeno leão. Curiosamente, estava tomando conta/educando filhotes de tigre. os filhotes tentavam mamar nela, deitados sobre sua barriga, era uma cena bastante carinhosa. Bem ao lado, leões do tamanho de um antebraço, alguns até andando ainda como bebês, brincavam uns com os outros e não queriam vi com os visitantes. Os tratadores pediram desculpas, colocaram leite em nossas mãos para tentar atraí-los, mas não forçaram os filhotes a nada. Também vi um dromedário no qual as pessoas subiam nas costas e tiravam foto. Eu estava na fila quando o animal deu sinais de refugo (provavelmente cansaço ou stress). O tratador, imediatamente, pediu desculpas aos que estavam esperando e encerrou esta atividade. Manteve o dromedário ali por mais uns minutos para que se tirassem fotos de longe e, depois recolheu. O autor do texto diz que não foi pessoalmente lá. Acho uma falta e responsabilidade malhar o lugar sem conhecer, e tendo a opinião de uma pessoa que foi, estava desinformada e, provavelmente, foi num dia ruim (pela descrição, devia estar chovendo. As instalações são realmente simples, mas não são desleixadas. Há piso de chão, ou seja, se chover vai ser realmente uma lama só. A coleção de carros antigos realmente não recebe conservação especial, estão apenas lá. Há atividades de venda de coisas, claro, como em qualquer atração turística. A comida é cara (não muito, mas é) como no zoo de São Paulo também é. Eu deixaria como dica ir através de uma operadora. Há uma preferência nas filas e no tratamento dado a pessoas que vão em grupos assim. Eu e minha esposa gostamos muito da experiência e recomendamos.

      Excluir
    2. Amigo Affonso: Perfeita sua descrição. Tudo. Maravilhoso. E acho pelo que fala, que vc foi com umas guias que explicaram aquelo de "não tocar a cabeça", "não abrir as portas", "ele vai pensar que é uma mosca", etc. Então, tenho a sensação que vc vinho comigo... Porque também eu estive no momento que o dromedário Alí, não queria mais o passeio ( e, sabe? foi um problema na joelha, que ainda esta em tratamento, por isso já não faz mais aquele passeinho). Sera..? Para mim é um orgulho que os nossos passageiros lembrem todo o que explicamos... Mas... vou contar uma coisa... Aquela cadela com o corte de pelo... é a Pelusa. Cada ano ela terá esse corte porque ela não se deixa cortar na cabeça...!!! Nao é porque queiram imitar um leão..!!! hahaha... Ela é a que cria aos bebes felinos que a mãe rejeita... Cria junto com os seus, e sim, amamenta, porque o leite do cachorro, (também a do porco) é muito parecida em quanto a minerais e vitaminas, que a dos felinos.
      Fico feliz de ter visto o que vc escreveu (e de quase todos os que ficaram bravos com este blog). Nao tenho muito mais que dizer, já que vc explico todo perfeitamente. Obrigada por isso então. E até uma próxima..!!

      Excluir
  86. Discordo totalmente, estive nesse zoo e o que eu vi foi bem diferente. os animais não são dopados, os funcionários são bem atenciosos e os recintos são melhores do que muitos zoo daqui do Brasil. As fotos tbm não eram cobradas.

    ResponderExcluir
  87. Discordo totalmente! o zoo é cercado de carros e trens, alguns em ótimo estado e outro ainda aguardando restauração!se enforme melhor, o dono do sitio que n minha opinião não esta nada abandonado e conta com uma relativa boa estrutura é apaixonado por trens antigos! por isso tem varios espalhados decorando o lugar, quanto ao tamanho das jaulas acho que é do mesmo tamanho de diversos zoos pelo mundo! os animais são criados com cachorros dez de filhotes e por isso são mansos! felinos tem vida noturna, por isso durante o dia estão sonolentos! não gostou não volte! fui com minha família e todos gostaram muito!

    ResponderExcluir
  88. Estive lá em dezembro de 2012 e muito antes de realizar minha viagem, pesquisei muito e conversei com pessoas que tinham ido e DISCORDO de muitas coisas que a autora postou nesse blog.
    Em relação aos carros abandonados,trata-se de um estacionamento com carros antigos para exposição, onde vc pode tirar fotos dos mesmos.Em relação aos animais, digo IMPOSSÍVEL estarem dopados,por várias situações eu digo isso: um leão dormiu na minha frente, o outro " bufava" nas minhas costas onde fui orientada a não me mexer. Na jaula dos elefantes, os mesmos interagem com vc de acordo com suas ações.O dromedário lambeu meu rosto várias vezes e dei várias voltas com ele em seu recinto.A tigresa estava brava,mesmo assim arrisquei e entrei na jaula e quase fui atacada!!! Se ela estivesse dopada, nunca tentaria atacar um ser humano, logo após fecharam a jaula para visitação.Os outros animais visitei após o horário de almoço. Em relação a lanchonete, não que o lugar seja sujo, mas não tem opções para comer...Do lugar ter lama....Hellooooo......eles tentam ao máximo aproximar o local ( sitio ) mais parecido ao ambiente natural, que seria terra!!!Os animais são criados desde pequenos com cães e patos, em muitas jaulas onde tem animais adultos, tem um cachorro junto!...Geralmente qdo as excursões chegam no Zoo, é por volta de 11hs da manhã....os animais passam a noite toda acordados e comendo, por isso encontra muuuuitos animais dormindo logo após o nosso horário de almoço ( 13hs ).....Gente! Leões comem carne!! Em seu habitat natural eles sobrevivem da caça e comem CARNE, e o que acontece com os leões ou até mesmo os seres humanos quando comem carne?? DORMEM!!!Para quem não sabe, um leão consegue consumir 40kg de carne em uma única refeição,e depois que estiver de barriga cheia, o animal consegue dormir 18 horas. Se esses animais fossem tão mal tratados, será que a em tanto tempo que existe o ZOO, não teria alguma defensoria de proteção aos animais interditado esse local???

    ResponderExcluir
  89. Ih garota, cada um faz o que quiser, achei o sorvete Freddo de doce de leite super doce, ruim, e achei os argentinos menos chatinhos que você. Já estive na África do Sul (onde jamais tocará um animal na savana) e neste zoo citado, acho totalmente exagerado seu post.

    ResponderExcluir
  90. Não posso dar minha opinião sobre o Zoo porque nunca estive lá. E acho que a autora do texto deveria ter feito o mesmo que eu.

    ResponderExcluir
  91. Quanta ignorância nos comentários..... É LOGICO que tratadores e cuidadores vào contar uma história LINDA de bons tratos e domesticação de animais selvagens, o que não é verdade. Animais Selvagens jamais devem ser domesticados pra entretenimento humano, se o são, é por via questionável de maus tratos e coação desde filhotes, ou mesmo uso de medicação pesada. Uma rápida busca no google ajuda a ver matérias muito séria de Zoologos sobre o assunto.

    Além disso, para o autor: O texto está ótimo, mas só pecou no final indicando os "parques da flórida" como uma alternativa mais humana de tratamento a animais.... Não é exatamente assim. Veja o recente Documentário "Blackfish" pra ter uma idéia das atrocidades que parques como o SeaWorld fazem há decadas e mascarando como "bom trato à vida animal".

    ResponderExcluir
  92. O blog em si já é horrível, o texto então... sem embasamento algum. As pessoas acham que qualquer um pode criar um blog e postar qualquer "merda" nele. Lamentável...

    ResponderExcluir
  93. Estou completamente indignada com o autor dessa atrocidade! Particularmente AINDA não visitei o zoo, mas pretendo conhecê-lo em breve... Acompanho o zoo pelas redes sociais e é claro para todos como são bem cuidados: estão saudáveis, gordinhos, com pelos macios e brilhantes! Pois bem... quanto a dúvida de que as pessoas tem em relação ao comportamento desses animais, é tão explicito que se explicado a uma criança a mesma compreenderia. A criação deles com cachorros e gatos os deixam "domesticados" sim, não significa que eles perdem seu instinto selvagem, mas que aprendem a conviver de forma sociável. Eu sou extremamente apaixonada por qualquer tipo de animal, principalmente por felinos. Gostaria sim, que todos eles fossem livres e vivessem da forma "correta" na natureza, mas pelo que tenhamos visto não é possível, o homem está destruindo tudo, acabando com seu habitat, matando-os por sua bela pele pra vestir algum babaca que acha isso lindo! Já viram o que está acontecendo na índia? As pessoas estão cada vez mais adentrando o espaço dos tigres na natureza, aí vai a mídia e lança uma notícia aterrorizante: Tigresa mata 8 pessoas em menos de 1 mês na Índia! O que eles vão comer? Onde vão viver? Já viram quantos tigres são mortos lá? É lastimável que eles não possam viver como deveriam. Porque não ser a favor de um local bem apropriado, onde os animais são bem tratados e trabalham para a preservação dessas espécies? Alguém aqui já viu o leu algum artigo sobre Kevin Richardson, conhecido como amigos dos leões? Os leões veem ele como um deles porque eles os acompanha desde o seu nascimento. Isso fazem vocês repensarem sobre os animais de lujan que convivem com animais domésticos e ficam com tal comportamento? Espero que deixem de opinar sem conhecer a veracidade dos fatos...

    ResponderExcluir
  94. Estive no Zoo em novembro de 2013, e não vi animais dopados por lá, Perguntei lá como que eles faziam para os animais ficarem daquela maneira e me foi explicado que são criados juntamente com os cães e eles respeitam os cães, vi várias jaulas fechadas momentaneamente para os animais descancarem após o almoço, vi tigres comendo carne no momento em que estava dentro da jaula e um cão pegou a carne dele e ele respeitou o cão, vi uma jaula de tigre que tinha uns 4 e tinha um cão junto, o cachorro estava brincando com eles, em outro momento vi também em uma jaula com 3 tigres que as pessoas estavam indo visitar que os tigres começaram a se agitar e os cães começaram a latir e os tigres acalmaram, também foi me dito lá que os tigres só podem ficar com os cães ate 1 / 2 anos pois é até a idade que o tigre respeitaria o cachorro após essa idade eles não tem mais contato com os humanos. Quando entrei na jaula dos filhotes de leão vi alguns brincado entre eles e com os cães, quando fui tirar foto e leãozinho estava comendo frango. Animais bem alimentados não teriam porque atacar alguém. Vi pessoas dando leite na boca do leão. Eles não estavam dopados, apenas são alimentados e com o convívio com humanos acabam se tornando "domesticados" até certa idade em que o instinto se torna mais forte e presente. Você já viu pessoas que tem em casa tigres e que bem tratados acabam virando "gatinhos de estimação", existe uma Ong em Cotia em que resgatam animais de circo, animais que por algum motivo não podem estar na natureza e esses animais estão com contato humano e mesmo depois de terem sofrido algum maltrato de algum humano consegue deixar um se aproximar dele e nem por isso eles atacam pessoas ou estão dopados, se você for em qualquer zoológico os animais normalmente estão dormindo, após comerem eles só querem dormir e descansar e nem por isso estão dopados.
    Está é a ong http://www.ranchodosgnomos.org.br/ na pagina inicial tem um video de um leão que não tem um olho e ele fica na grade para o tratador dar carinho a ele.
    Já conheceu a história desse leão: http://www.ranchodosgnomos.org.br/noticia.php?id=227.
    Até um cachorro se você tratar ele mal e não der comida ele pode se tornar agressivo, tudo depende da maneira que o animal é tratado e se é alimentado. Tem pessoas que tem tigre, leão, até um cara que tem um jacaré que dorme com ele, ou seja eles não precisam necessariamente estarem dopados.
    E outra você não deve ter conhecido nenhum argentino para chamar eles de "argentinos chatinhos", diferente de MUITOS brasileiros eu não encontrei NENHUM argentino ignorante, fomos conhecer a argentina na cara e na coragem, literalmente saímos andando pela cidade e perguntando, parávamos pessoas e pedíamos informação e todos eram educados e tentavam nós entender e explicavam davam dicas, Muitos argentinos foram SUPER receptivos, quiseram ficar conversando, fizemos até alguns amigos argentinos. Achei muito mais agradável ir até a argentina e estar entre os seus chamados "argentinos chatinhos" do que em muito lugar do Brasil e não precisando ir muito longe para isso. Antes de falar mal de qualquer coisa o minimo que você deveria fazer é conhecer o lugar, pesquisar um pouco sobre, ver se pode ter contato humano com um animal sem dopar ele e pode. Ir e conversa com tratadores e pessoas que trabalham no lugar e antes de chamar um povo de Chato conhecer o povo e a cultura deles. Ou deveria ficar em casa que para falar mal de coisas que você nunca presenciou é melhor nem sair da sua casa.

    ResponderExcluir
  95. Veja se esses animais parecem dopados ou magros:
    https://fbcdn-sphotos-c-a.akamaihd.net/hphotos-ak-prn2/t31/q72/s720x720/1465904_10200760247394217_679258444_o.jpg
    https://scontent-a-iad.xx.fbcdn.net/hphotos-prn2/t31.0-8/q71/s720x720/1397593_10200760344076634_1027771922_o.jpg
    https://fbcdn-sphotos-h-a.akamaihd.net/hphotos-ak-frc1/t31/q71/s720x720/892002_10200760347076709_545315584_o.jpg
    https://scontent-b-iad.xx.fbcdn.net/hphotos-prn1/t31.0-8/q77/s720x720/886765_10200760233473869_364976310_o.jpg

    ResponderExcluir
  96. Percebo em seu texto preconceito típico brasileiro contra argentino, então vamos la...

    De onde vc tirou toda essa historia absurda? Ja visitou a Argentina? E vc citou os EUA e comprovou o trabalho serio com animais? vc ja foi pra la ver como é feito os trabalhos?

    Nao adianta ser NON SENSE e falar (reclamar) de tudo se vc não tem fundamentos pra isso

    Vc nunca visitou o zoo, eu fui la em novembro de 2013, passei 1 semana na Argentina ( que é um país incrivel, diga-se de passagem )
    Os animais la são muito bem tratados sim, la nao parece lugar abandonado, o fato de ter contato direto com os animais,nao significa que eles tem que estar dopado para isso, e sim que são bem alimentados e bem tratados, conversei com muitas pessoas sobre o zoo, pessoas INERTES como vc, nao se dao ao trabalho de no minimo pesquisar sobre, ja que nunca visitou e nem conviveu na cultura deles,

    Os animais la crescem junto aos cães, pois eles respeitam muito os cachorros la, até os 2 anos de idade no maximo, pq deixa de ser filhote e começa a ter um instinto de adulto, a partir dai, eles nao ficam com contato com pessoas, ficam separados deles,

    se fosse tudo pensado so no dinheiro, eles nao fechariam as visitas em jaulas especificas apos dar almoço pros animais descansarem, eles precisam de dinheiro sim, pois se nao nunca vao conseguir manter o lugar la, entao novamente, INFORME-SE antes de defecar pelos dedos,

    Animais selvagens se tem convivio e contado direto com humanos e forem bem tratados e alimentados, nunca serao agressivos para nós, se não, não tinha como algumas pessoas terem tigres ou leoes em seus quintais.... conheço varias historias veridicas e ja vi tb,muitos casos de gente que adotou um animal selvagem como de estimaçao, logico que eles tem espaçoo suficiente pra criar um animal desses... o mais recente que vi, foi de um senhor que achou uma raposa que na epoca era filhote (pra quem entende de raposas,sabe que elas sao muito agressivas com humanos), mas como raposa ilhote fica identico a um cachorro, ele achou que era um filhote de cachorro e so percebeu que era raposa conforme ele crescia, enfim, a raposa AMA seu dono e mal pode ver e ja pula nele e fica lambendo com todo amor e agradecimento do mundo. Resumindo, animal selvagem nao precisa ser dopado para ficar em contato com nós.

    E ao contrario de vc e 90% dos brasileiros, na Argentina não tem nenhum argentino arrogante, no Brasil, quando algum gringo tenta pedir informação, nem vc e nem a maioria dos brasileiros são receptivos,semprem querempagar de espertoes pra cima deles e acaba nao ajudando, o que torna nossa cultura cada vez mais HIPOCRITA, la eles tentam de entender e te ajudar, e não só isso, adoram conversar e fazer amizade com vc, pq eles são receptivos ,

    Só para constar, vc conhece um pouco da cultura norte-americana pra falar que eles fazem um trabalho serio e a argentina so pensa em lucrar em cima dos animais?
    Bom, PESQUISE então, ou melhor, vá para os lugares, sinta e veja como funciona a coisa toda...

    E vc citou o Uruguai tb, que por sinal vc tambem nunca pesquisou sobre o País e nem visitou...
    Preconceito ja é uma coisa ABSURDA, agora preconceito com o que vc nem conhece é BURRICE EXTREMA.

    Vc deve ser tb uma das revolucionarias que ta saindo nas rua protestando por algum motivo que nem vc mesma sabe né? mas afinal, quem liga, o importante e tirar fotinho pra facebook mostrando que vc ta revolucionando seu país e fazendo historia...
    Se vc não deve saber nem a situação atual do seu País, não venha falar do Uruguai, um país onde o PRESIDENTE, que ganha 10 / 12 mil dolares, só fica com 1.200dolares pois acha qe é o suficiente pra viver e o restante doa para ajudar moradores de rua e etc..

    Brasil, um país de TOLOS. Onde um sempre quer ser mais esperto e passar a perna no outro, dale jeitinho brasileiro de viver e pensar.

    ResponderExcluir
  97. Ridiculo texto! Sem noção de qualquer coisa! Enfim, não vou comentar... Quanta BESTEIRA e falta de CONHECIMENTO!
    Não tem o que postar? é melhor ficar sem postar!
    Mais uma vez "RIDÍCULO"

    ResponderExcluir
  98. Fui lá em Dez/2012, não concordo com o texto, lá é mesmo tudo de terra, e obvio quando chove fica todo aquele barro, mas gente isso é uma reserva, uma "fazenda" não é um centro, não precisa ser cimentado, e os funcionários não te "empurram" para dentro da jaula pra você ficar lá horas e horas, tirei uma foto com o Tigre branco, fiquei brincando com ele com um pedaço de madeira e palha, não parecem assustados, brinquei também com filhote de leao, eles vão no teu colo, brincam, cheguei a pensar na possibilidades de serem dopados, mas eles interagem com você quando vc vai dar leite para eles, ou fazer carinho, o recinto de araras é bem estruturados, o teto é alto e elas podem aproveitar bem, os espaços dos ursos também é espaçoso, perto de arvores, um espaço para eles entrarem na agua para se refrescar....eu e minha amiga pagamos um guia para nos levar, realmente é longe, mas não vejo mal nenhum a isso, tem um espaço verde muito grande onde as lhamas ficam, tem bastante arvores, os espaços dos tigres são grandes, e eles colocam os leões em jaulas especificas quando vão visitantes, compreendo que pode ser um tanto quanto estressante para os animais, mas esse texto é um absurdo, não tem referencia e está mal escrito.. como confiar em alguém que fala que da para conhecer Buenos Aires em 3 dias? hahahhahaha Vá e tire suas conclusões, não tem nada a ver essa coisa de "animais zumbis" ;)

    ResponderExcluir
  99. Conhecer Buenos Aires em 3 dias foi o fim da picada. Só pra jantar em restaurantes bons precisariamos de umas 5 noites. Mais uma noite pra assistir um Show de Tango. Sugiro o Sr. Tango pra quem vai pela 1ª vez e o Esquina de Gardel pra quem já assistiu o Sr. Tango. City Tour, Recoleta, Palermo, Florida, Jardim Japones, Zoo Central, Zoo Lujan, Jardim Japones, Passeio de barco ao Uruguai, Shopping Abasto (pra quem tem criança), Feira de San Telmo (não gostei), etc. Isso tudo em 3 dias???? Ok.

    ResponderExcluir
  100. Foi de uma infelicidade total esse post. Falar de um lugar sem conhece-lo. Eu gostei do Zoo de Lujan. Os animais interagem com as pessoas. Não ficam dormindo o tempo todo. São criados pelo ser humano desde filhotes e sempre com a presença de um ou mais cachorros. Os felinos respeitam demais os cachorros. Vi isso in loco com minha mae dentro da jaula do Tigre. Quanto ao "ferro velho" mencionado, mostra o total desconhecimento. O dono do Zoo é um apaixonado por carros antigos e montou uma espécie de museu. O local onde tem as araras, cobras, etc é muito legal tb. O lugar não é uma referência em beleza, mas vale muito o passeio. Foi a minha segunda em BA e o tratamento do argentino com os turistas melhorou muito. Fui muito bem atendido em todos os lugares que fui.

    ResponderExcluir
  101. Não é um lugar ao qual quero voltar. Não recomendaria a amigos, mas descreveria o que vi, para que cada um tome sua decisão. Há denúncias pela internet de que os animais são dopados para que fiquem mansos. Não dá para afirmar isso porque eu não vi. Pode-se especular. O que vi são animais em ambientes que nem de longe lembram seus habitats naturais, fora seus ritmos naturais de alimentação e sono. Pense em você fora do seu ritmo de alimentação e sono… O que vi foram animais expostos a uma “interação” que não deve ser agradável para eles, especialmente os felinos (quem tem gatos sabe o quanto é estressante para eles o contato com estranhos) ou condicionados a uma interação motivada pela comida. Na minha opinião é um preço muito alto para pagar por fotos divertidas ou bonitas. Não o preço que você paga pelo ingresso ou o tempo que você fica nas filas. Quem paga preço alto são os animais.

    http://www.viajenaviagem.com/2014/03/lujan-como-e-a-visita/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. https://www.youtube.com/watch?v=kM41iXQZS9Q#t=38

      Excluir
  102. acho que antes de escrever o texto a pessoa deveria se informar melhor.
    os carros antigos são um museu de carros antigos,que ficam expostos.
    Os animais ficam comendo alimentos o tempo todo e por isso ficam estasiados e ainda são domesticados com cachorros e perdem o instinto de caça e ficam mais doceis.
    Sobre as focas no 'sea world' tambem ficam em piscinas, mas o tanque é mais.
    Acho que vcs leitores deveriam ser mais críticos e talvez ver com seus próprios olhos.
    Fui até lá e a viagem foi maravilhosa e aliás acho que a Argentina está ANOS a frente do Brasil em muitas coisas.
    Só digo isto porque vi pessoalmente.

    ResponderExcluir
  103. https://www.youtube.com/watch?v=y_pVejAU7M4#aid=P8f9y5S6Njw assistam!!!

    ResponderExcluir
  104. Também estive a alguns meses e não percebi esse circo de horrores relatado. Concordo com a falta de uma estrutura melhor para atender o turista.

    ResponderExcluir
  105. Finalmente alguém que compartilha do que eu penso. Sou totalmente contra zôos, principalmente esses onde os animais são "domesticados", vai saber a custa de quê.
    É óbvio que quem defende esse zoo o faz na tentativa de justificar sua ida até lá. :P
    E discordo do texto em um ponto: tb sou contra os animais nos parques da Disney. Quer ver bicho? Compra um livro. Ou vai pra Africa se tiver dinheiro. Como diria o Haroldo do Calvin: se os humanos pudessem, prenderíam arco-íris em jaulas. ‪

    ResponderExcluir
  106. Mesmo em férias as pessoas deveriam racicionar um pouco. Como li em um comentário, parques como esse e outros como Sea World são "histórias de terror vendidas como conto-de-fadas para turista ver".
    Mas o povo adooooooora. E quem quer deixar de postar foto com o leão no face para os amigos curtirem? Ou beijando o golfinho? Triste, MUITO triste.

    ResponderExcluir
  107. Eu nunca fui no zoo de Lujan, mas morro de vontade, então não vou dar minha opinião sobre como é lá.

    Pra mim, o texto já fica desacreditado quando a própria pessoa que o escreveu admite que nunca esteve no local. Poxa, como você pode ficar falando assim de um lugar que você nunca foi? Isso é muito errado. Moro em Brasília e já ouvi muitos colegas de outros estados que nunca vieram aqui falando mal da cidade e o que eles diziam não condizia com a realidade (o que pelos comentários foi exatamente o que aconteceu com o texto =P).
    Vi muita gente falando que é errado domesticar animais selvagens. De fato é bastante errado, mas não no contexto de zoológicos. Dizer que existem animais selvagens em zoos é errado. Animais selvagens são aqueles nascidos e criados na natureza, como os lobos nas montanhas geladas dos EUA, os tigres restantes e ameaçados e extinção na Índia, os gorilas nas florestas do Congo. Isso são animais selvagens. Animais de zoológico são nascidos em cativeiros, não são selvagens. Animais de zoológico precisam ser "domesticados", caso contrário atacariam todo e qualquer tratador que tente entrar nos ambientes em que estão para alimentá-los, fazer manutenção do local, etc.

    Sobre que o animal foi dopado SOMENTE porque ele está quieto com aparência sonolenta... vocês provavelmente nunca viram um grande felino lutando após receber uma dose de tranquilizante, né? O bicho não fica calmo de forma alguma! Fica agitado e com medo. "Ah, os animais lá estavam muito sonolentos, dormiam o tempo inteiro". É da natureza dos felinos serem "preguiçosos", principalmente os leões. Quando você vai no zoo daqui de Bsb, dificilmente você vê os leões agitados durante o dia. Eles ficam praticamente deitados na sombra olhando o dia passar. Nossa! Será que eles são dopados aqui também? Temos que investigar isso aí. Leões, depois de caçar nas savanas da África, passam uns 2 ou 3 dias deitados debaixo da sombra, sem fazer nada, até partir para uma nova caçada. Será que eles foram dopados também?

    Enfim... um texto muito tendencioso, feito por alguém que nem ao menos foi ao lugar e já tá dando opinião. Fora que dizer que dá pra você conhecer tudo o que uma cidade do tamanho de Buenos Aires pode te oferecer em apenas 3 é brincadeira, né?

    ResponderExcluir
  108. O que vi são animais em ambientes que nem de longe lembram seus habitats naturais, fora seus ritmos naturais de alimentação e sono. Pense em você fora do seu ritmo de alimentação e sono…

    ResponderExcluir
  109. Será que não é dopado mesmo?
    https://www.youtube.com/watch?v=kM41iXQZS9Q#t=38
    Maravilhosa técnica deste zoo! Alias, única no mundo de domesticar tantos animais selvagens! Eu pensei em ir lá, mas a agência de turismo de BA, que contratei, me desencorajou: disse que não é o “Zoo oficial”.

    ResponderExcluir
  110. Amigos, assim como acho que "passarinho na gaiola não canta, chora." Imagina animais selvagens!!! Lamentável em pleno século XXI, termos que debater sobre "prisões para animais."

    ResponderExcluir
  111. As Ongs de Direitos Animais são completamente contra o Zoo de Luján. Há diversas movimentações qnt a isso.

    Esses animais são nativos da América do Sul???? NÃO! Então pq haveria uma reserva de reprodução deles aqui? E pq essa "reserva" é usada para ENTRETENIMENTO??

    Santuários e reservas ambientais DE VERDADE não abrem as portas para entretenimento, muito menos deixam filhotes serem manuseados por mais de 50 turistas por dia! NÃO DOMESTICAM animais carnívoros!

    O Projeto GAP - Grandes Primatas, tem diversos primatas resgatados de circos e zoológicos, e nem por isso ganham dinheiro explorando esses animais para turista brincar. Pelo contrário, a visitação é proibida para não estressar animais já vivendo em condição limite por não estarem livres em habitat natural. Olha o que o presidente do GAP diz sobre zoológicos como o Luján http://www.anda.jor.br/27/12/2013/serve-zoologico

    A beleza de um animal está em sua liberdade, vivendo para suas próprias razões.

    PELO FIM DOS ZOOLÓGICOS!

    FOTO COM ANIMAL EXPLORADO NÃO É TROFÉU!

    ResponderExcluir
  112. Visitei o zoo e não consegui visualizar esses maus tratos aos animais relatados no post. Acredito que os turistas não tem culpa de visitar o local. Há propagandas e assim como existem zoologicos em toda parte do mundo, esse é mais um, que possui esse diferencial.
    Não entendo como pode haver tantos manifestos e grupos (com pesquisadores e estudiosos que conhecem as características desses animais) empenhados em fechar esse zoo e não terem êxito até hoje. Também gostaria de saber como o Governo Argentino autoriza um zoo desse que é completamente fora dos padrões como a autora do texto fala e não me venha dizer que é um zoo clandestino pq o mundo inteiro já sabe de sua existência e já existe faz bastante tempo.

    ResponderExcluir
  113. Nunca li tanta bobagem de uma só vez. Só há um ponto em que posso concordar. O espaço não é o ideal. Deveria realmente ser maior. E isso infelizmente ocorre em quase todos os zoos do mundo. O resto do que foi dito é pura ignorância e demonstra total desconhecimento biológico e do próprio local. É ÓBVIO, EVIDENTE que os animais passam o dia sonolentos, mas o que o cidadão que escreveu esse texto mostra desconhecer é que um leão dorme NORMALMENTE 20 horas diárias. Um tigre, em torno de 16. Quando estive lá me deparei com um tigre que caminhava de um lado paro outro, se esfregava na gente e estava bastante ativo. Um animal dopado não faz isso. Aliás, leve seu animal de estimação ao veterinário todos os dias e peça para dopá-lo. Depois me conte por quantos dias ele sobreviveu. Dizer que os animais estão magros é ridículo. Só pode estar falando sem sequer ter visitado o zoo. São animais com certeza bem alimentados e com peso adequado. Dizer também que as fotos são vendidas é outra forma de mostrar que fala sem qualquer informação. As únicas fotos que são vendidas, evidentemente se houver interesse, são as da iguana, arara e cobra. As demais você pode tirar sem pagar nada a mais: tigre, leão, urso, camelo, elefantes, etc... Enfim, é muita falta de informação e informações nada condizentes com a realidade. Um desserviço total e completo.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Balada em Punta del Este, no Uruguai

Balada em Cartagena de Índias, na Colômbia