Balada em Cartagena de Índias, na Colômbia

Cartagena é o máximo porque, apesar de ser uma cidade pequena (pelo o menos eu achei) e mais histórica, ela tem uma noite super animada - não é atoa que tem o apelido de "cidade bailarina".

Confesso que fomos e voltamos andando das baladas (sentimos muita segurança em andar pelas ruas até durante a noite). Os preços são dignos e são várias as opções de boates e bares  - fora da cidade amuralhada, além das músicas que são de contagiar até quem não sabe dançar.

Achei muito legal o gosto e orgulho das pessoas pelas músicas colombianas (as salsas, rumbias, cumbias, reggatones, merengues, etc). Em todas as festas todas as músicas que estavam em alta naquela época eram tocadas e o pessoal dançava (e cantava) muito. Quando entrava um DJ com alguma música eletrônica mais internacional era nítido o esvaziamento das pistas de dança. Eu achei isso o máximo, além de ter gostado muito das músicas nacionais. Eram muito divertidas e não tinha como ficar parado.


Cafe del Mar (Baluarte de Santo Domingo, centro histórico)
https://www.facebook.com/cafedelmarcartagena


Esse é o melhor ponto para curtir o pôr do sol (tal como o Cafe del Mar de Ibiza). è uma lugar super bem decorado e de bom gosto. Dá um pessoal mais selecionado até porque os preços não são dos mais acessíveis, mas ainda assim vale cada momento e bebidinha. Tem uns drinks muito legais e o que mais combina com essa brincadeira é o Coco Loco (eu fiquei meio bêbada só com uma marguerita). Quando a noite cai, rola uma música mais eletrônica com DJs, além de ficar super lotado. Parada obrigatória.

Mister Babila (Avenida del Arsenal # 8b-137)
http://www.misterbabilla.com/

Mister Babila

Esse foi um dos lugares mais legais que já fui na minha vida. Você não dá nada pela fechada do lugar mas quando entra se depara com um puta estabelecimento com muitos ambientes para jantar, beber e dançar. As decorações são muito legais e cabe muita gente (à propósito, fica lotado). A música é muito boa, variando entre todos os ritmos colombianos e alguma coisa de música internacional (diga-se de passagem que o pessoal nem gosta muito e esvazia a pista). Tem música ao vivo e DJs. Eu achei o máximo, vale demais a pena!

Chiva 

Chiva

A primeira dica para turistas é fazer o passeio das Chivas que são ônibus escolares totalmente gourmetizados com o tema "Colômbia". Ele faz um tour pela cidade mais moderna com uma música típica super alta tocando, além de ser open bar. Eles fazem umas paradas para aulas de dança e é bem engraçado e divertido. É tipo o tour da zueira alcoólica (eles até dão uns salgadinhos de aperitivos). Ao final ele ainda dáo o direito de entrada de todos numa baladinha que recebe toda galera que estava fazendo alguma Chiva naquela noite. Reservamos nossa Chiva no próprio hostel e o ponto de encontro foi na Torre do Relógio. Vale a experiência.


Babar (Centro, Plaza de Santa Teresa Esquina)
https://www.facebook.com/pages/Babar/159603300746458

Babar

Esse club foi o destino final do passeio de Chiva. Eu gostei porque era bem animado e um ótimo lugar para dançar as salsas da vida. Lá deu para escutar todas as músicas que eram modinha na época. Achei o lugar digno, apesar de pequeno e tá lotado de pessoas (turistas) que eram provenientes de todas as Chivas daquela noite. Eu senti que é um típico tipo de bar que muda de nova frequentemente, mas não tem erro, está na rua do Mister Babila.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Zoo Luján de Buenos Aires: a pior coisa para se fazer na vida

Balada em Punta del Este, no Uruguai