Buenos Aires

Av. 9 de Julho e Obelisco

O hostel que fiquei é o Hostel Suites Florida, ele está entre os melhores do mundo todo no ranking do Hostel World e eu aprovo demais. É barato, limpo, confortável, animado...etc. Fiquei num quarto duplo e pagamos um adicional depois por um colchão para uma amiga que decidiu em cima da hora. A localização também é perfeita: Calle Florida. Acho que é a melhor opcão e eles ainda têm um serviço de traslado para o aeroporto. Eu sempre falo para tomar cuidado com os hotéis de lá, alguns são muito velhos então caso você queira ficar em algum hotel escolha os que tenham de 4 estrelas pra cima.


Bom, Buenos Aires é considerada a cidade mais européia da América Latina, e preciso dizer que realmente tem umas ruas e um clima muito gostoso. A minha intenção era aproveitar a badalação que dá muitos créditos à cidade. Muita gente viaja por alguns dias exclusivamente para pegar umas baladinhas "da hora".


O circuito-turista você consegue fazer em uns 3 dias, por isso acho que reservar 4 ou 5 dias em B.A é suficiente. Porém, isso não dá pra conhecer todas as atrações noturnas que ela oferece.


A noite começa muito tarde, tipo 1:30 / 2h da manhã. Você pode andar o dia todo, voltar para o hotel, acertar seu alarme, dormir, acordar e ir pra farra. Reserve um club por noite checando a programação (pois tem umas que só abrem em determinados dias). Capriche no visual, lá eles selecionam a entrada do pessoal com uma análise geral do indivíduo, as brasileiras (lógico) fazem sucesso mas nem sempre isso vai salvar sua barra se você não estiver vestida de acordo.


Vou dizer o nome de algumas baladas conhecidas e mais procuradas pelo pessoal: Pacha, Kika, Terrazas del Leste, Club One, Shampoo, Asia de Cuba, Crobar e Museum Club. Também existem centenas de barzinhos que já servem como bons "esquentas". Quanto aos barzinhos a dica é se informar com o pessoal do hostel, além de já ir fazendo uns amiguinhos, eles podem te dar os nomes dos lugares mais bombantes da época.


Coisas que quem vai à Baires precisa conhecer: Sorvete Freddo de Dulce de lecche (doce de leite), Av. 9 de julho, barzinhos, Alfajor Havanna, Cerveja Quilmes, Calle Florida (tipo a 25 de março/SP), Café Tortoni (Av de Mayo) e o Teatro Collón.


Locais para turistar: Obelisco, Praças de Maio e 9 de Julho, La Boca (El Caminito), Feirinha de San Telmo, Cemitério da Recoleta (Evita Perón está lá), restaurantes do Porto Madero, Casa Rosada, La Bombonera (estádio) e os outlets do Pallermo.

Tem também o Show de Tango (importantíssimo)! Existem várias casas com os mais variados preços e estilos, escolha um e vá para o jantar (incluso no pacote) e depois assista ao show. O mais famoso e conhecido como "um show de Tango" é o Señor Tango. Um menor e mais intimista bem bacana é o Piazzola Tango ali na própria rua Florida. Veja o que melhor se encaixa no seu bolso, eu indico os dois da mesma forma. 


Tome cuidado com dinheiro e bolsas ao andar pelas ruas. Não dê mole pois você não está na Europa! E também tente pagar os táxis (estão por todos os lados em todos os lugares) com notas mais baixas. E não aconselho pegar táxi do aeroporto para o centro da cidade, ele fica muito afastado e vai ficar meio caro. Use o traslado de um trecho (ida ou volta) do hostel e veja algum transfer com valor já combinado.


Quem vai passar mais dias por lá tem a dica de visita ao município de Tigre: dê uma olhada no post de "Tigre". E uma outra grande oportunidade é poder ir ao Uruguai, basta atravessar o Rio de la Plata de ferry e chegar na cidade uruguaia de Colônia del Sacramento. De lá, é só pegar um ônibus para Montevidéu ou Punta del Este. 




Buenos Aires - Argentina   Viagem: 2007 (agosto), 2010 (novembro).


´ Assista: Relatos Selvagens.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Zoo Luján de Buenos Aires: a pior coisa para se fazer na vida

Balada em Punta del Este, no Uruguai

Balada em Cartagena de Índias, na Colômbia